Archive for maio 18th, 2021

QUEBRADEIRA: Quase 72% das empresas de hotelaria do RN estão com débitos tributários devido à Pandemia

Hotéis em Natal
Foto da Internet

Os números são duros e alarmantes, mas reais. Exatamente 71,67% das empresas de hotelaria em Natal estão endividadas com relação tributos. Tomando por referência apenas dois tipos de impostos, o débito ultrapassa os 86 milhões de reais. As dívidas imobiliárias somam R$15,5 milhões e os débitos mercantis passam dos R$ 71,2 milhões.

Os dados são da própria Secretaria Municipal de Tributação, em resposta à solicitação feita pelo gabinete do vereador Aldo Clemente. Os números refletem de forma fidedigna os dados divulgados recentemente pela Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio/RN). Segundo a entidade, o efeito da pandemia no turismo potiguar foi devastador e gerou uma perda de receita que gira em torno de R$ 1,5 bilhão

“Não pagaram e não é porque estão devedores ou por maldade não, é porque estão quebradas e falidas. As nossas empresas estão no chão e não têm dinheiro nem pra arcar com suas folhas de pagamento. O nosso único suporte tem sido a medida provisória 936 do Governo Federal que tem nos ajudado a pagar o pouco que podemos”, atesta Abdon Gosson, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis do Rio Grande do Norte (ABIH/RN).

Dlgo do BG

Natal aplica nesta terça (18) a 2ª dose da CoronaVac em pessoas que tomaram a 1ª até 5 de abril; vacinação vai das 13h às 20h

Estoque de CoronaVac acaba em Fortaleza e vacinação da segunda dose de grupos prioritários que usaram o imunizante será interrompida nesta sexta-feira (30).  — Foto: Instituto Butantan/Divulgação
Estoque de CoronaVac acaba em Fortaleza e vacinação da segunda dose de grupos prioritários que usaram o imunizante será interrompida nesta sexta-feira (30). — Foto: Instituto Butantan/Divulgação

Natal vai começar a aplicar nesta terça-feira (18) a segunda dose da CoronaVac em pessoas que receberam a primeira até o dia 5 de abril.

A vacinação para esse público vai acontecer em horário especial, das 13h às 20h.

A imunização vai acontecer nos seguintes pontos de vacinação:

  • Nélio Dias
  • Sesi
  • Via Direta
  • OAB
  • UNP da Engenheiro Roberto Freire

Os locais vão funcionar em horário especial devido à chegada do novo lote de vacinas ter previsão de ocorrer nas primeiras horas do dia, sendo assim, serão distribuídas no turno da manhã de terça-feira.

Para receber a segundo dose, é necessário comparecer a um dos drives ou salas de pedestres dos pontos indicados e apresentar cartão vacinal contendo indicação da primeira dose recebida até 5 de abril de 2021, exclusivamente em Natal, além de documento oficial com foto.

“Como essas doses vão chegar durante a madrugada e há todo um esquema logístico de distribuição e conferência até que chegue ao nosso estoque, definimos ampliar, a princípio somente nesta terça-feira (18), o horário da vacinação para que a população possa se organizar com calma e a aplicação da segunda dose de CoronaVac possa avançar já no dia do recebimento das doses em nosso município”, explicou o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

G1RN

Isolda Dantas quer criação de delegacia especializada em crimes de racismo e intolerância religiosa

A investigação sobre crimes de racismo e intolerância religiosa merece atenção especial. É o que defende a deputada estadual Isolda Dantas (PT), que apresentou requerimento cobrando que a Polícia Civil do Rio Grande do Norte implante uma delegacia especializada para tratar desses crimes.
 
Na justificativa da proposta, a deputada argumenta que a estrutura administrativa da Polícia Civil, com diversas delegacias especializadas, não confere atendimento diferenciado e direcionado aos demais agrupamentos que, segundo ela, “constantemente sofrem agressões e/ou ameaças a seus direitos individuais. “Dentre este público, sublinhamos os segmentos étnico-raciais e religiosos não contemplados junto às delegacias especializadas, especialmente os Povos de Terreiro de Matriz Africana e Afro-ameríndias”, analisou a deputada.
 
No entendimento da parlamentar, a criação de uma delegacia especializada, com a criação de uma estrutura particularizada e destinada ao atendimento desse público, é uma forma de assegurar proteção especial a estes grupos, o que, ainda de acordo com a deputada, estará em concorância com a Constituição da Federal.
 
“A segurança pública, em sentido amplo, é prevista constitucionalmente como um dever do Estado e direito e responsabilidade de todos com a finalidade de preservação da ordem pública e a incolumidade das pessoas. Mister referenciar que no ano de 2019, pesquisa realizada no Ministério da Mulher e Direitos Humanos atestou aumento de 56% em ocorrências de intolerância religiosa comparativamente ao ano anterior, vitimando majoritariamente as agressões e ameaças dirigidas em desfavor dos adeptos de religiões de matriz africana”, argumentou a deputada.
 
O requerimento será analisado em plenário e, caso seja aprovado, será encaminhado à Delegacia Geral de Polícia Civil.
 

Hermano Morais requer Centro de Treinamento de cursos profissionalizantes em Parelhas

Levando em consideração que o município de Parelhas foi contemplado com uma Central de Cortes Industriais para fornecimento de confecção têxtil às facções de costura da Região do Seridó, o deputado estadual Hermano Morais (PSB) solicitou ao Governo do Estado a construção de um Centro de Treinamento para realização de cursos profissionalizantes no município.

Conforme o parlamentar, a unidade fomentará o desenvolvimento econômico industrial local e trará oportunidades de geração de emprego e renda. “Para tanto, se faz necessária a criação de mecanismos para qualificação profissional da população”, justificou.

“Além disso, é sabido que a pandemia instalou uma crise socioeconômica não só no nosso Estado, mas no mundo. O isolamento social, embora extremamente necessário para conter o vírus e, consequentemente, salvar vidas, deixará sérios prejuízos de ordem econômica”, completou.
Ainda segundo Hermano, investir em capacitação e treinamento para os habitantes da região pode ser uma alternativa para lidar com essa dificuldade.