Varginha/MG: Em operação conjunta para combater quadrilha do Novo Cangaço, 25 bandidos terminam mortos

Polícia apreendeu armamento pesado, explosivos e coletes à prova de bala durante operação em Varginha / Divulgação – Polícia Militar

Polícia Militar de Minas Gerais, a Polícia Rodoviária Federal e o Batalhão de Operações Especiais da Polícia fizeram uma operação conjunta em Varginha, no interior do Estado, que resultou na morte de 25 suspeitos. De acordo com as autoridades mineiras, a quadrilha planejava um assalto a banco no estilo novo cangaço (modalidade em que o bando sitia a cidade, arma barricadas para dificultar a ação da polícia e, muitas vezes, usam reféns como escudo humano). “Provavelmente, foi a maior operação referente ao novo cangaço aqui no país. Muitos infratores fariam um roubo a banco, provavelmente amanhã, ou hoje, mas foram surpreendidos pelo novo serviço de inteligência. Resultou na apreensão de um forte armamento, além de explosivos e coletes balísticos”, informou a capitão Layla Brunnela, porta-voz da Polícia Militar.

Segundo a PRF, a ação ocorreu em dois momentos diferentes. Primeiro, a quadrilha atacou a força-tarefa da polícia e, após troca de tiros, 18 suspeitos morreram. Os policiais, então, foram para uma chácara, onde encontraram o restante do bando. Houve novo tiroteio, que resultou na morte de outros sete suspeitos. “Além disso, vários criminosos estão sendo socorridos”, acrescentou Brunnela. Desde o início da pandemia, quadrilhas têm investido no novo cangaço. Ações deste tipo ocorreram recentemente em Criciúma (SC), Cametá (PA), Araraquara (SP e Araçatuba (SP).

Jovem Pan

Leave a Comment