Tomba Farias pede atenção do governo para policiais civis e professores

Na Sessão Ordinária desta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa, durante o horário destinado às lideranças, o deputado Tomba Farias (PSDB) discursou a respeito da negociação que vem acontecendo entre Governo do Estado e duas categorias profissionais: policiais civis e professores. Na ocasião, o parlamentar cobrou da governadora Fátima Bezerra (PT) que negocie de forma justa com os referidos trabalhadores.

“Eu tenho sido procurado pelos professores e policiais civis do Estado, para que eu me posicione acerca das negociações que estão ocorrendo entre o governo e esses profissionais. Então, eu venho aqui apelar para a sensibilidade da governadora Fátima, pedindo que ela se reúna com as duas classes de trabalhadores e que não tire os direitos que já estão adquiridos”, iniciou Tomba.

Segundo o parlamentar, o que os policiais civis querem é que seja mantida a fixação do subsídio; a manutenção da estrutura de carreira, com os projetos previstos na lei complementar; a não implantação do VPN ou verba indenizatória para fins de subsídio; além da não redução salarial.

“Portanto, nós estamos aguardando chegar o projeto de lei na Casa, para que possamos atender os pleitos dos policiais, lutando principalmente para que não sejam retirados certos direitos que já são adquiridos”, acrescentou.

O outro ponto abordado pelo deputado foi o piso salarial dos professores. “A governadora sempre cobrou muito essa questão dos gestores públicos anteriores. No ano passado, houve uma negociação muito esticada, em que o aumento foi dividido em quase vinte parcelas. Já na cidade de Currais Novos, onde o prefeito também é do PT, o piso solicitado era de 12,86%, mas só foi concedido aumento de 7%, salvo engano”, detalhou Tomba Farias, frisando que ficará atento sobre os próximos acontecimentos relacionados à categoria.