Sem aprovação da Anvisa, Fátima Bezerra quer aplicar vacina CoronaVac no mês de fevereiro

Governadora do RN negocia compra de doses da Coronavac | Rio Grande do  Norte | G1
Foto da Internet

A governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, se alia ao governador de São Paulo para marcar data de vacinação sem a aprovação da Anvisa.

A vacina que possivelmente está sendo um negócio lucrativo para esses governantes é a CoronaVac da China. A China é a mãe do vírus que assolou a economia mundial e tem matado muita gente em todo mundo.

A pergunta é: podemos confiar na China?

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte estima que o estado começará a vacinação contra covid-19 em fevereiro de 2021 e aguarda o plano de imunização nacional do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo, o estado negocia a CoronaVac, com o Instituto Butantan, de São Paulo, a um custo médio de R$ 5 por dose – a vacina ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (9) pela secretária adjunta, Maura Sobreira, que acompanhou a governadora Fátima Bezerra (PT) em Brasília para reunião dos governadores com o ministro da Saúde. O governo do estado também anunciou nesta terça (8) a intenção de adquirir doses da Coronavac.