Plano prevê retomada das aulas presenciais com 30% dos alunos e rodízio de turmas no RN

Sala de aula vazia — Foto: Julio Cavalheiro
Sala de aula vazia — Foto: Julio Cavalheiro

Um plano elaborado pela Secretaria Estadual de Educação em parceria com outras 15 entidades prevê volta às aulas no Rio Grande do Norte com cerca de 30% de alunos nas escolas, esquema de rodízio nas turmas e ensino híbrido (presencial e à distância). O documento, que contem diretrizes para a retomada em todas as redes de ensino, foi entregue pelo governo ao comitê científico do estado, que irá avaliá-lo.

Apesar de apresentar as diretrizes que deverão ser adotadas pelas escolas no estado, o documento não aponta uma data para a retomada. A definição do calendário deverá ser feita pelo governo do estado, somente após o parecer favorável do comitê científico. O grupo tem reunião nesta quarta-feira (2).

O documento tem mais de 80 páginas e prevê uma retomada baseada em 4 fases. Veja os principais pontos de cada uma delas:

  • Fase 1: Já em andamento
    – constituição de comitês e comissões para elaboração de Plano de Retomada Gradual
    – diagnóstico das unidade de ensino, com avaliação das condições de pessoal, profissionais e estudantes em grupos de risco, comorbidades, casos de Covid-19 na família; etc.
  • Fase 2: Até 10 dias após a publicação dos Planos de Retomada e protocolos da Fase 1
    – retorno gradual dos servidores, com a organização de estratégias de formação e de capacitação de profissionais da educação
    – acolhimento socioemocional das equipes, com previsão de teletrabalho para profissionais que fazem parte dos grupos de risco.
  • Fase 3: Primeira semana após autorização do Governo do Estado
    – Retorno gradual dos estudantes, com medidas de acolhimento, orientação e a assistência às famílias
  • Fase 4: Planejamento continuado das atividades pedagógicas e construção de estratégias para identificação, acompanhamento e reinserção de estudantes não retornaram à escola

G1RN

Leave a Comment