Oficina inicia fluxogramas dos processos do plano estratégico da ALRN

Nesta quinta-feira (25) a oficina de capacitação técnica em boas práticas em gestão de processos, através de videoconferência, tornou-se atividade prática com a escolha de um processo de cada setor do Legislativo Potiguar, listando o fluxo e o passo-a-passo para realizá-lo de forma sequenciada. Com isto, segundo a consultora Paulinéa Araújo (servidora da Justiça Eleitoral), que conduz a oficina, se estabelece um padrão técnico de trabalho.

Paulinéa Araújo explica que esta dinâmica possibilita o estabelecimento de prioridades após análise das dificuldades, verifica se há gargalos, desperdícios de atividade, de tempo ou tarefas que deveriam ser realizadas e não são. Em seguida é proposto um novo fluxo (situação desejada para o processo), como ele poderia ser melhor. Cada participante apresentou o cenário atual e desejado para o processo, destacando a transformação planejada.

A oficina de capacitação técnica em boas práticas em gestão de processos é uma ação da equipe de planejamento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para implantação da iniciativa estratégica prevista no “Horizonte 2023 da ALRN”. Os servidores terão durante 32 horas orientações gerais sobre práticas de gestão de processos, exercitação das funcionalidades da ferramenta Bizagi Modeler, elaboração e apresentação de metodologia de gestão de processos da ALRN, com avaliação e encerramento do projeto ao final.

Para a direção Administrativa e Financeira da ALRN, cada gestor nas suas unidades será uma luz para fazer o melhor para a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A boa imagem da ALRN nacionalmente vem sendo conquistada com reconhecimentos nacionais também direcionados às atividades da Escola da Assembleia; projetos da Procuradoria Geral; diretoria Legislativa; diretoria de Comunicação, que tem nos projetos de inclusão campanhas institucionais premiadas, transparência e gestão com DNA Potiguar.

Com a denominação de “Horizonte 2023 da ALRN”, o plano estratégico contempla a definição da visão de futuro até 2023 e dos macrodesafios (objetivos estratégicos) que nortearão as ações da Assembleia Legislativa no próximo quadriênio. O plano elaborado teve como base o levantamento dos cenários interno e externo e definição dos principias problemas identificados ao longo da elaboração do documento, com metas para serem alcançadas nos próximos quatro anos. Compõem o documento 68 iniciativas estratégicas, 28 indicadores e metas, 18 iniciativas específicas e 1 Projeto Institucional.

Leave a Comment