Morre mulher baleada na invasão ao congresso nos EUA

Foto da Internet

Morreu na noite desta quarta-feira (6) a mulher baleada durante a invasão ao Congresso dos EUA na sessão que poderia confirmar a vitória de Joe Biden na eleição presidencial, de acordo com a NBC e a polícia do Distrito de Columbia, onde fica Washington. A vítima estava em estado crítico de saúde após ter sido ferida no peito. 

Imagens da “MSNBC” mostraram a mulher sendo transportada em uma maca enquanto sofria uma forte hemorragia logo após serem ouvidos gritos que alertavam sobre tiros dentro do Congresso. Ainda não está claro quem é o autor do disparo.

Segundo as informações vindas da mídia americana, os apoiadores de Trump invadiram o plenário da Câmara dos Representantes, que havia sido esvaziada, e confrontaram agentes de segurança. Para driblar a polícia e entrar no edifício, diversos manifestantes quebraram janelas e abriram portas à força.

Os agentes utilizaram gás lacrimogêneo nas escadas do edifício, mas dezenas de pessoas conseguiram entrar nos plenários da Câmara e do Senado, enquanto os congressistas eram retirados, assim como o vice-presidente Mike Pence, que deveria presidir a sessão.

A sessão formalizaria a vitória do democrata Joe Biden nas eleições que o presidente republicano Donald Trump afirma que foram fraudulentas, mas sem apresentar provas.


R7

Leave a Comment