Ministério da Saúde já habilitou 8.575 leitos de UTI para coronavírus

Coronavírus: Ministério da Saúde repassa R$ 11 milhões para ...
Leitos de UTI na rede pública do Distrito Federal — Foto: Secretaria de Saúde/Divulgação

Foram repassados até o momento R$ 1,2 bilhão para custeio desses leitos. Do total, 246 são leitos pediátricos. Entre terça (9) e quarta (10) foram habilitados mais 1.062 leitos

O Ministério da Saúde segue preparando o Brasil diariamente com ações, serviços, infraestrutura, recursos, envio de insumos, medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e habilitação de leitos de UTI para apoiar estados e municípios no enfrentamento à Covid-19.

Entre abril e junho já foram habilitados 8.575 leitos de UTI exclusivos para pacientes do coronavírus que necessitam de internação, o que gerou investimento federal imediato de R$ 1,2 bilhão.

Na última terça-feira (9) a pasta habilitou mais 734 leitos, que se somam aos 328 habilitados nesta quarta-feira (10). Para custear esses novos leitos foram investidos mais R$ 151,3 milhões.

As habilitações valem para o período de três meses ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia. O recurso já foi repassado, em parcela única, aos estados e municípios contemplados.

Cada leito recebe o dobro do valor normal do custeio diário para leitos de UTI, passando de R$ 800 para R$ 1.600. São leitos exclusivos para pacientes graves ou gravíssimos com coronavírus.

Os recursos são repassados imediatamente após a publicação das portarias que autorizam as habilitações e os gestores recebem o valor ainda mesmo antes da ocupação do leito.

A medida fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS) e leva atendimento para todos os estados brasileiros, incluindo capitais, municípios maiores e, especialmente, pessoas menos protegidas no interior do país.

As novas habilitações, publicadas no Diário Oficial da União (DOU), contemplam a população de seis estados: Bahia (10), Minas Gerais (328), Pernambuco (284), Rio de Janeiro (111), Rondônia (15) e Rio Grande do Sul (314). Ao todo, são 1.062 novas habilitações feitas em dois dias, sendo 10 leitos de UTI pediátrica.