Líderes da AL debatem recursos para segurança, crise na saúde e diárias pagas a governadora

 Os recursos federais enviados para investimentos na área da segurança pública, a crise no setor de saúde e a polêmica envolvendo o pagamento de diárias a governadora Fátima Bezerra (PT), durante sua viagem a São Paulo, ocuparam os debates durante o horário dos líderes na sessão plenária desta quinta-feira (19) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. 

Primeiro a se pronunciar, o deputado Nelter Queiroz (PSDB) iniciou revelando a informação de que o Governo do Estado teria cerca de R$ 50 milhões enviados pelo Ministério da Justiça para investimentos na segurança. Dentro desses recursos estão, inclusive, R$ 15 milhões para a construção da nova sede do Itep, já anunciada pela governadora. “Mas não dizem de onde chegou o dinheiro. Lançam ordem de serviço, mas não citam de onde veio os recursos”, cobrou o parlamentar. 

O deputado aproveitou ainda para criticar o pagamento de diárias e das passagens da governadora para cumprir agenda em São Paulo esta semana. Além da agenda oficial, Fátima Bezerra marcou presença também na festa de casamento do ex-presidente Lula da Silva (PT). 

Já o deputado estadual Getúlio Rêgo (PSDB) alertou para os problemas na saúde pública. “A situação da saúde do RN nunca foi tão crítica como atualmente. Nas cirurgias vasculares, no governo passado havia um hospital especializado no setor, que era o Ruy Pereira, com 80 leitos. E já havia represada uma fila 150 pacientes. O Governo atual fechou hospital Ruy Pereira já com fila e abriu 30 leitos no Hospital da PM”, criticou. De acordo com Getúlio, a fila à espera de cirurgia vascular no Estado já ultrapassa mil pacientes. 

O deputado estadual José Dias (PSDB) lamentou o fato de o Governo do Estado não ter implantado o reajuste do piso salarial dos professores de maneira integral. Segundo o tucano, “o Estado tem condições financeiras para tal”. O parlamentar relatou que todos os dias surgem notícias positivas em relação às finanças do RN. “Enquanto isso, os fornecedores do Estado, contratados, estão sofrendo atrasos vergonhosos”, completou. 

O líder do governo na Casa, deputado Francisco do PT, rebateu parte das acusações. Para o petista, a governadora tem atuado para melhorar a situação do Estado. Entre as medidas que estão sendo adotadas, destacou o início do curso de formação para mais 400 policiais civis, como forma de incrementar o efetivo. “A governadora está reconstruindo sim o RN”, finalizou.

Leave a Comment