Kelps Lima critica relação do Governo do Estado com policiais e professores

Na Sessão Plenária desta quarta-feira (16), no Legislativo Estadual, o deputado Kelps Lima (SDD) teceu críticas ao Governo do Estado, principalmente no que diz respeito às negociações com policiais civis e professores, acerca de salário e condições de trabalho. O parlamentar avaliou a forma como a governadora está conduzindo sua gestão à frente do Estado do Rio Grande do Norte.

“Depois que ela virou governadora, o que nós temos hoje? Professores em greve. Polícia Civil só não está em greve porque a Justiça não deixou. Concursados da polícia civil seguem aguardando o avanço do concurso – que teve orçamento aprovado pela Assembleia no ano passado – sem perspectiva de serem chamados”, detalhou. 

Segundo Kelps, recentemente Fátima Bezerra enviou o vice-governador para atender as policiais civis do Estado. “A antiga Fátima, outrora sindicalista, não faltaria uma reunião com governador para discutir direitos de policiais. A ex-deputada e senadora estaria lá, altiva, falando alto, batendo na mesa”, disse.

Ainda de acordo com o parlamentar, o que está sendo feito com os policiais civis do RN é “desrespeitoso e desumano”. “A governadora não quer dar alternativa para os policiais a respeito da única garantia de reposição de perdas salariais. Eu também acho que ela não é adequada, que não é o melhor caminho legal, mas é o que temos. E ela quer tirar. Além disso, a Polícia Civil tem o maior déficit de servidores entre todas as categorias do RN”, falou Kelps. 

Por fim, o deputado reconheceu que não é fácil governar o Estado, e pediu que a governadora tome providências para atender os pleitos das duas categorias profissionais.