Itep faz perícia em botijões de gás encontrados em escombros após explosão e desmoronamento de casas com 4 mortes em Natal

Desabamento de casa em Mãe Luiza, Zona Leste de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Desabamento de casa em Mãe Luiza, Zona Leste de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Dois botijões de gás encontrados nos escombros de casas que desmoronaram após uma explosão na madrugada de domingo (7) em Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal, foram recolhidos e levados para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) para passar por perícia. Quatro pessoas morreram soterradas no desastre.

A primeira suspeita das autoridades é de que a explosão teria sido provocada por um botijão de gás. Ao G1, o Itep confirmou que os botijões encontrados no local foram recolhidos e deverão passar por análise. A previsão inicial é que a perícia seja concluída em um prazo de 10 dias. “Ainda não temos nenhum resultado”, disse o diretor do órgão, Marcos Brandão.

Na manhã desta segunda-feira (8), a Secretaria Estadual de Saúde informou que um casal resgatado no local do acidente está bem. A mulher, de 51 anos, já foi liberada e o homem, de 60, segue em observação, porém estável.

Defesa Civil interditou quatro imóveis nas proximidades do acidente e, segundo a Secretaria de Assistência Social de Natal, 7 pessoas foram para casas de parentes.

Quatro pessoas morreram na explosão que culminou com o desabamento de cinco casas no bairro de Mãe Luiza, na madrugada deste domingo (7). O acidente aconteceu por volta das 3h30 da madrugada no cruzamento entre as ruas Alto da Colina e IV Travessa João XXIII. O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por vítimas e sobreviventes às 7h15, sendo o último corpo resgatado às 6h.

As vítimas fatais, todas mulheres, foram identificadas como:

  • Maria Teresa Cristina da Silva, 49 anos
  • Taís Silva de Oliveira, 18 anos
  • Maria das Graças Idelfonso, 57 anos
  • Maria Luiza Belarmino, 44 anos

Maria Teresa Cristina da Silva e Taís Silva de Oliveira eram mãe e filha.

G1RN

Leave a Comment