Implantação da plataforma Areia Branca Digital passará a oferecer serviços e documentos de forma totalmente digital à população

Foto cedida

A implantação da plataforma Areia Branca Digital passará a oferecer serviços e documentos de forma totalmente digital à população

A Prefeitura de Areia Branca lançou na manhã desta terça-feira (27) o projeto Areia Branca Digital que vai facilitar a forma como os areia-branquenses vão solicitar e obter os serviços públicos junto aos órgãos municipais. Licença, declaração, alvará, atestado, certidão, cadastro entre outros serviços serão feitos de casa a partir do celular ou de um computador.

O município entrou na era da transformação digital e da economia. O projeto Areia Branca Digital deve economizar mais de R$ 230 mil ao ano em gastos com papel e insumos na cidade. O sistema entra em operação a partir do dia 2 de agosto.

“Hoje é um dia histórico porque marca um salto na transformação digital em nossa cidade. Vamos gastar menos dinheiro com burocracia para investir mais em saúde, educação e infraestrutura urbana. Vamos reduzir muito e, em breve, zerar nosso gasto com papel, com impressoras, com copiadoras, com gráficas, com energia, com deslocamento de pessoas, de veículos e de combustíveis para levar e trazer documentos que a partir de agora não será mais necessário porque tudo vai circular pela internet. Vamos economizar, sobretudo um bem muito precioso para todos nós que é o tempo”, declarou a prefeita Iraneide Rebouças.

O Areia Branca Digital aumenta a eficiência da administração porque, além da agilidade, será possível realizar o gerenciamento das ações, metas da gestão municipal. A plataforma é um software 100% web, responsivo (tablets, smartphones), com certificação digital e painéis de gestão que fornecem dados para melhorar continuamente a qualidade dos serviços e processos da gestão pública.

Desenvolvida pela 1Doc e operacionalizada com exclusividade pela Sogo Tecnologia no Nordeste brasileiro, o sistema está presente em mais de 300 cidades brasileiras. Por meio dela, é possível digitalizar documentos e informações públicas, rastrear os processos administrativos de ponta a ponta, centralizar informações, fazer assinaturas de documentos, gerir toda a documentação de forma eletrônica, entre outras funções. Tudo isso traz mais transparência à gestão, celeridade dos processos administrativos e desburocratização dos serviços.

“Areia Branca está saindo na frente. Somos a primeira cidade da região e uma das primeiras do estado a dar essa virada digital transformadora e disruptiva. O compromisso com a modernização e a eficiência da gestão pública que nosso mandato cumpre com todos os areia-branquenses”, finalizou Iraneide Rebouças.