Governo Dória: Por causa de falha SP não divulga dados de mortes e casos por Covid-19 neste domingo

Profissional da Saúde cuida de paciente com Covid-19 na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na Zona Oeste de São Paulo, em foto de 8 de dezembro. — Foto: Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo
Profissional da Saúde cuida de paciente com Covid-19 na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na Zona Oeste de São Paulo, em foto de 8 de dezembro. — Foto: Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo

O estado de São Paulo não divulgou novamente neste domingo (20) os dados atualizados de novos casos e mortes por Covid-19. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, houve nova falha em sistema do Ministério da Saúde em que os municípios inserem as informações.

Na última quarta-feira (16), a gestão estadual também não divulgou as informações sob a mesma justificativa. O Ministério da Saúde, no entanto, negou na ocasião que houvesse problema no sistema.

“Neste domingo (20), o Estado de SP foi novamente impossibilitado de fazer o processamento total de dados de COVID-19 devido a novas falhas no sistema SIVEP do Ministério da Saúde, impactando a atualização dos casos e óbitos nesta data. Problema similar ocorreu na última quarta-feira (16) e em diversos dias do mês de novembro”, disse a secretaria.

Em nota enviada neste domingo, o Ministério da Saúde afirmou que está realizando manutenção no sistema, mas que ela não afeta o registro das informações.

“O Ministério da Saúde informa que não há problemas técnicos nos registros de novas notificações de Covid-19 no Sivep-Gripe. A Pasta esclarece que a equipe técnica do DataSUS está realizando manutenção no sistema de consumo de dados dos estados. A previsão de normalização é no início desta semana”, diz o comunicado.

“Para facilitar a visualização dos dados, o Ministério da Saúde solicitou alterações no processo de disponibilidade de dados. Tais alterações não impactaram no registro da informação, pois o sistema continua estável e atendendo todos os estados do País.”

No início de novembro, outro problema no Sivep fez com que alguns estados enfrentassem dificuldades para atualizar as informações de casos e mortes por coronavírus. O apagão de dados fez com que São Paulo não divulgasse dados por cinco dias seguidos, de 6 a 10 de novembro.

O represamento das informações prejudicou a análise da evolução da pandemia e foi usado como justificativa pela gestão João Doria (PSDB) para congelar a classificação das regiões no Plano São Paulo de flexibilização da quarentena, mesmo diante de um aumento confirmado das internações.

Neste domingo, a secretaria estadual informou que há 10.951 pacientes internados no estado com suspeita ou confirmação da Covid-19, sendo 6.197 em enfermaria e 4.754 em Unidades de Terapia Intensiva. As taxas de ocupação de leitos de UTI são de 62% no estado e 67,3% na Grande São Paulo.

G1RN

Leave a Comment