G20 traça cenários para retomada do setor de turismo de forma segura

G20 traçam cenários para retomada do setor de turismo de forma segura
G20 traçam cenários para retomada do setor de turismo de forma segura – Gilson Machado Neto – Ministro do Turismo – Foto Divulgação Mtur

G20 traça cenários para retomada do setor de turismo de forma segura.  Os Ministros do Turismo do G20 debateram nessa semana, por videoconferência, a retomada do setor de forma segura e traçaram cenários para a pós-pandemia. Representantes de várias regiões do mundo destacaram a necessidade de se pensar em políticas de mobilidade segura e turismo sustentável. O ministro Gilson Machado Neto reforçou a necessidade de se criar um protocolo único de saúde em todo o mundo.

Sem duvidas o turismo é responsável por cerca de um em cada dez empregos em todo o mundo e ajudou a criar um em cada quatro empregos entre 2014 e 2019, segundo dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, citados pela atual presidência do G20, que atualmente é assumida pela Itália. Em 2020, o turismo era um dos setores mais afetados pela pandemia e ainda não se recuperou, pois muitos países ainda mantêm suas fronteiras fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou, durante sua participação no evento, que vivemos o momento de estabelecer parâmetros para reativar o turismo e unificar protocolos de saúde entre os países. “Vejo no desenvolvimento de um protocolo único, simples e objetivo entre todos os países, uma ótima maneira de recuperar e retomar o turismo em nossos países de forma segura e eficiente para todos”, afirmou. Por fim, o ministro brasileiro destacou a importância da sustentabilidade no turismo e as tendências para o período pós-pandêmico. “Nesse momento em que todo mundo aqui fala em sustentabilidade, quero dizer que somos o país mais preservado do mundo: 66% do nosso território e 87% da Amazônia é o mesmo de quando Jesus Cristo veio à terra. Apenas 3% da emissão de poluentes ocorre aqui ”, concluiu Machado Neto.

Um dos destinos de ciclo turismo mais fantásticos de Santa catarina, o Vale Europeu, faz parte do polo multicultural em Santa Catarina. O Estado conta com uma região singular conhecida como Vale Europeu, o que se deve à marcante característica dos colonizadores do local, entre eles alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses. No total, 19 cidades fazem parte do Vale Europeu.

Um ponto em comum entre todas elas são as fortes características da cultura européia na arquitetura, na gastronomia, na música, nas festas típicas e na excelência em produtos, desde marcas de moda e confecção, até alimentos e bebidas especiais desde cervejarias, destilados e vinícolas. A região também possui infraestrutura turística para a prática de esportes de aventura, como rafting, rapel, cicloturismo e caminhadas. A entidade representativa do trade turístico, o Blumenau e Vale Europeu Convention Bureau, apoia, capta eventos, além de desenvolver ações fomentando o turismo da região.

O maior festival de turismo do norte/nordeste do Brasil, o Brazil Travel market, confirmou que a Masterop Operadora terá uma caravana de cerca de 250 agentes de viagens no evento deste ano, que acontece nos dias 22 e 23 de outubro, em Fortaleza (CE). A empresa recebeu o troféu de caravana mais antiga, pois participa do evento desde a primeira edição. Além da caravana, a Masterop estará presente no BTM 2021 com um estande de 100 m², participando das capacitações realizadas por 14 fornecedores. Para os deslocamentos já foram reservados 187 bilhetes aéreos e ônibus.  “É um evento que só vem crescendo, a Masterop está presente desde 2010, e o crescimento ano após ano é nítido, o que influencia a ser hoje um dos maiores eventos do país. A Masterop vem buscando nas edições anteriores agregar uma programação em paralelo ao evento, como capacitações, rodadas de negócios e confraternizações”, disse a empresa.

TurismoOnline

Leave a Comment