Eleição 2022: Moro perde para Lula que perde para Bolsonaro

Dimenstein: Bolsonaro ajuda Lula e o PT se fizer Moro ministro
Foto da Internet

Se as eleições presidenciais acontecessem hoje, o presidente Jair Bolsonaro ainda seria a escolha da maior parte dos brasileiros: 27%. Pelo menos é o que indica um levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas. Logo após, viria o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, com 18,1% ; Fernando Haddad (PT), com 14,1% e Ciro Gomes, com 10,3%.

Bolsonaro lidera entre os homens, de 45 a 59 anos, do Sudeste e Centro-Oeste+Norte. Já Moro tem mais popularidade entre o sexo feminino, pessoas do Centro-Oeste+Norte, de 60 anos ou mais. Haddad seria uma escolha maior entre os homens, de 16 a 24 anos, da Região Nordeste.

Na segunda situação eleitoral, que inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bolsonaro também sairia à frente, com 26,3% contra 23,1%. Lula é mais popular entre o sexo feminino, de 60 anos ou mais, da Região Nordeste.

Jovem Pan

Leave a Comment