CPI: Heinze assume vaga titular no lugar de Ciro Nogueira, e Flávio Bolsonaro passa a ser suplente

 Senadores Luis Carlos Heinze e Flavio Bolsonaro — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Senadores Luis Carlos Heinze e Flavio Bolsonaro — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A ida do senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a Casa Civil gerou nesta terça-feira (27) mudanças na composição da CPI da Covid.

Membro titular da CPI, Ciro será substituído na comissão pelo bolsonarista Luis Carlos Heinze (PP-RS), até então suplente. Além disso, Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, assumiu a vaga de suplente até então ocupada por Heinze.

A CPI da Covid não se reúne desde 15 de julho, quando ouviu Cristiano Carvalho, representante no Brasil da Davati Medical Supply. As sessões, suspensas em razão do recesso parlamentar, serão retomadas em 3 de agosto.

A expectativa dos senadores é que, na volta dos trabalhos, a CPI ouça pessoas com papel central nas negociações de compra de vacinas pelo governo brasileiro.

G1