Covid: A vacina está mais perto de acontecer

A Universidade de Oxford, no Reino Unido, que também estuda a produção de uma vacina, entrou no início de junho em sua terceira fase de testes clínicos.

Com isso, no país, duas mil pessoas participarão dos testes, realizados com o apoio do Ministério da Saúde. Oxford chamou 18 centros de pesquisa em todo o Reino Unido para testar o produto desenvolvido, recrutando principalmente profissionais de saúde, que costumam ficar na linha de frente na luta contra o coronavírus, assim submetidos à exposição.

Enquanto isso, na corrida por uma vacina contra a COVID-19, pesquisadores do Instituto do Coração (InCor) da Faculdade de Medicina (FM) da Universidade de São Paulo (USP) começaram a testar em camundongos uma potencial vacina imunizante para o novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Nós, o brasileiros, guardamos com muita fé em Deus que tudo der certo.

Fonte: Agência Brasil