Covid-19 no Ceará: As atualizações dos casos e mortes não são atualizados diariamente

É interessante o STF querer que o Poder Executivo da União diga diariamente o aumento dos óbitos do Brasil (uma ditadura judiciária do STF), quando o governo federal só repete a soma de números enviados pelos Estados, o que não são confiáveis, e no Ceará não encontramos os números sendo registrados diariamente.

O que acontece é que o modelo de anúncio que vinha ocorrendo desde o tempo de Mandetta era uma coisa macabra, quando se dizia a cada fim do dia quantos haviam morrido.

O governo federal quer mudar porque esses anúncios estão adoecendo muitos brasileiros.

Exemplo: aqui perto de onde escrevo, na capital do RN, morreram duas senhoras de coração causada pelo pânico. Uma delas recebeu a notícia de que o marido havia ficado internado com o Covid, não resistindo a notícia, infartou e morreu, mas foi para os números do Covid.

Este terror tem que parar!