Celso de Mello arquiva notícia-crime sobre nota de General Heleno

General Heleno não descarta AI-5: "Tem de estudar como vai fazer ...
O MINISTRO AUGUSTO HELENO. (FOTO: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL)

G1 – O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou nesta terça-feira (7) uma notícia-crime apresentada por parlamentares sobre uma nota do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno.

Em maio, Heleno divulgou uma “Nota à Nação Brasileira” na qual disse que a eventual apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro, como pediram alguns parlamentares, poderia resultar em “consequências imprevisíveis” para a estabilidade do país. Parlamentares da oposição, então, acionaram o STF.

Ao analisar o caso, Celso de Mello arquivou a notícia-crime, mas disse que o conteúdo da nota de Heleno é “inacreditável e inconcebível”. Uma apuração preliminar aberta pela Procuradoria Geral da República (PGR) no mês passado para apurar o caso, no entanto, prossegue.

DO Blog: O velho ministro, que chamam de decano, em sua fundamentação, pelo menos nas notícias, faz críticas ao General Heleno, invés de apenas cumprir o seu papel de magistrado. UMA VERGONHA!