Author: Foto Repórter

Mais três ministros do governo Boris Johnson renunciam e escancaram crise no Reino Unido

Boris Johnson
Boris Johnson enfrenta uma nova crise em seu governo com a debandada de membros do alto escalão / ALBERTO PEZZALI / POOL / AFP

Frente à crise no governo do Reino Unido, mais três ministros de Boris Johnson renunciaram ao cargo nesta quarta-feira, 6. Já são 13 o número de membros do alto escalão que debandaram do governo após denúncias de abuso sexual do ex-secretário Christopher Pincher virem à tona. Jonhson foi acusado de saber das condutas do ex-funcionário antes mesmo de nomeá-lo. Na noite de terça-feira, 5, os ministros da Saúde, Sajid Javid, e das Finanças, Rishi Sunak, foram os primeiros a anunciarem suas renúncias.

Na sequência, o secretário de Estado para a Infância e a Família, Will Quince, o secretário de Estado para Educação, Robin Walker, e o secretário de Estado de Finanças, John Glen, seguiram a debandada do governo, o que totalizou 5 demissões entre os 23 ministros. Também pediu demissão a vice-secretária de Estado para os Transportes, Laura Trott.

Outros 7 assessores de Johnson, como o vice-presidente do Partido Conservador, Bim Afolami, entregaram os cargos. Boris Johnson comparece nesta quarta-feira a uma sessão de perguntas com os deputados britânicos para defender sua continuidade no cargo de primeiro-ministro, em um cenário cada vez mais difícil depois de sucessivos pedidos de demissão no governo em protesto contra a legitimidade do premiê, afetado por escândalos desde o inicio do governo. Com o intuito de derrubar Johnson, os legisladores do Partido Conservador, Chris Skidmore e Tom Hunt, também apresentaram, separadamente, cartas de desconfiança ao chefe de governo.

Confira abaixo a lista completa de renúncias:

  • Will Quince, ministro das crianças e famílias
  • Robin Walker, ministro de estado para os padrões escolares
  • Rishi Sunak, ministro das Finanças
  • Sajid Javid, secretário de Saúde
  • Bim Afolami, vice-presidente do Partido Conservador
  • John Gleen, secretário de economia
  • Alex Chalk, procurador-geral da Inglaterra e País de Gales
  • Laura Trott, secretária Parlamentar Particular do Departamento de Transportes
  • Saqib Bhatti, secretário Parlamentar Particular do secretário de Estado da Saúde e Assistência Social
  • Jonathan Gullis, secretário Parlamentar Particular do Secretário de Estado da Irlanda do Norte
  • Nicola Richards, secretário Parlamentar Particular do Departamento de Transportes e MP
  • Virginia Crosbie, secretária Parlamentar Particular do Gabinete do País de Gales
  • Felicity Buchan, secretária Parlamentar Particular do Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial

Jovem Pan

Ezequiel solicita série de ações a favor de municípios do Agreste e Trairi

Municípios que estão localizados nas regiões Agreste e Trairi do Rio Grande do Norte motivaram uma série de requerimentos apresentados pelo deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado. O parlamentar solicita ações em infraestrutura, segurança e em recursos hídricos.
 
Para a cidade de Nísia Floresta, Ezequiel solicita o recapeamento e roço na RN-063, que liga as praias de Tabatinga a Barreta. O local se encontra em péssimo estado de conservação, uma vez que o mato está invadindo a pista, há muitas crateras abertas devido ao desgaste causado pelas chuvas e, além disso, não contempla sinalização vertical nem horizontal, motivos pelos quais podem ocasionar acidentes de trânsito e dificultar o tráfego dos que por ali passam constantemente.
 
Já para o município de Lagoa D’Anta, Ezequiel requer o aumento do efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar. Segundo o parlamentar, a cidade tem enfrentado dificuldades na segurança pública, registrando aumento de práticas criminosas.
 
O presidente da Assembleia reivindica ainda a recuperação asfáltica da RN-093, no trecho entre Passa e Fica, Lagoa D’Anta e São José do Campestre. A via se encontra esburacada também devido às fortes chuvas e, em virtude da quantidade de buracos, há um iminente risco de acidentes para os motoristas e a população em geral.
 
Outra estrada da região que teve sua recuperação solicitada por Ezequiel foi a RN-091, que liga São Bento do Trairi a Santa Cruz. Também nesta rodovia há muitos buracos causados pela chuva e a via é de grande relevância econômica e social para os municípios.
 
Por fim, o deputado requer a perfuração e instalação de poços tubulares em Lagoa D’Anta. O objetivo é prevenir problemas que poderão surgir caso o colapso no abastecimento de água na cidade continue sob ameaça.

Eliabe propõe a criação do núcleo de investigação de crimes contra policiais

Citando os dois casos recentes de policiais assassinados no Estado, o deputado Subtenente Eliabe (SDD) cobrou do governo estadual a instalação de um Núcleo Permanente de investigação dos crimes praticados contra profissionais de segurança e suas famílias. O deputado citou como exemplo da iniciativa o vizinho estado do Ceará. Em aparte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) também se solidarizou com os familiares das vítimas.
 
“O RN vem sendo palco de assassinatos bárbaros e cruéis contra os profissionais de segurança. O momento é de gravidade e é de extrema importância que a violência praticada contra os profissionais de segurança pública, aonde houve assassinatos bárbaros e cruéis, seja combatida”, defendeu Eliabe.
 
O deputado citou os casos do policial Cláudio Ferreira Silva,49 anos, morto em São José de Mipibu em 30 de junho, quando teve a sua residência invadida pelos bandidos. O outro caso, mais recente, foi de Josinaldo dos Santos Queiroz, policial desde 2010, assassinado no dia 2 de julho.
 
“Quero mais uma vez externar todo o meu sentimento e solidariedade aos familiares destes nobres guerreiros e a todos os profissionais de segurança pública, externando o meu pesar e minha revolta”, disse o deputado, que já protocolou requerimento solicitando a criação do Núcleo Permanente de investigação contra esse tipo de crime.
 
Eliabe defendeu que o RN precisa de uma ação permanente e não somente ações reativas e pontuais quando acontecem as mortes, para que “os bandidos não tenham direitos patrocinados pela justiça e por leis que fragilizam a atuação policial”.
 
Criticou o fato do assassino de Cláudio Ferreira estar solto. “A proteção da tornozeleira eletrônica se mostrou ineficaz, aqui no RN está existindo a farra da tornozeleira e é preciso que o fato seja investigado pelo Conselho Nacional de Justiça, porque não se justifica um bandido de alta periculosidade nas ruas”, alertou o deputado.
 
Em aparte, o presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira, se solidarizou com as palavras em defesa da corporação. “É preciso garantir a proteção dos homens e mulheres que fazem a segurança pública e que têm sido alvo desses bandidos que já deviam estar reclusos ou fora de circulação, porque são reincidentes. A informação que temos daquele crime bárbaro de Nova Cruz é de que aquele delinquente queria assassinar dois policiais, um ele conseguiu, e mais outro que queria, me parece que são cidadãos incorrigíveis”, lamentou.

PSDB lança chapa que terá lema: “vote em mulher”

Partido que mais cresce no RN tem três pré-candidatas a federal: Drª Júlia, Delkiza e Wanderleia

O segmento do PSDB Mulher Potiguar fez um movimento nesta terça-feira (5), na sede estadual do partido que fica no bairro Tirol, em Natal (RN). A chapa proporcional da sigla tucana terá três postulantes à deputada federal: a médica Drª Júlia Ferreira e as vereadoras Delkiza Cavalcante (Assu) e Wanderleia Firmino (Rio do Fogo). A prefeita Rossane Patriota (Ielmo Marinho) assumiu a primeira vice-presidência do segmento.

“Recebi essa oportunidade do PSDB e vamos mostrar a força da mulher na região Metropolitana e no interior. Fiz carreira como médica e há anos atendo em Parnamirim. Também no Seridó saio com o apoio do prefeito Dr. Tiago de Parelhas. Vamos mobilizar o PSDB para fazer uma deputada federal”, afirmou Drª Júlia Ferreira, que é neta do ex-deputado Leônidas Ferreira.

Para a dirigente do PSDB Mulher Potiguar, Isa Carneiro, o partido dará apoio irrestrito às mulheres que vão concorrer a deputada.  “Nossa chapa feminina é forte e tem conceito. Quando a campanha começar em agosto vamos mobilizar as bases do PSDB e fazer uma deputada federal. Também vamos conquistar uma vaga de deputada Estadual. A chapa mais forte é a do PSDB”, comentou.

O PSDB vai apresentar mulheres que são profissionais de saúde, como a médica Drª Júlia Ferreira e Engracia Alves, da Cooperativa de Médicos Ortopedistas do Rio Grande do Norte. Também terá a influencer digital, Leila Maia, que foi idealizadora do projeto social Ponte da Vida, combatendo o suicídio. Com a bandeira da educação e evangélica, a professora Thaysa Barbosa. Ainda consta a advogada que atua em um dos segmentos da OAB/RN, Drª Karina Pereira. Vereadoras atuantes Delkiza Cavalcante (Vale do Açu) e Wanderleya Firmino (Litoral Norte). Além da vice-prefeita Juliana Dantas, de São Bento do Trairi, e a Subtenente Luciene da Companhia Feminina, que faz um grande trabalho na Patrulha Maria da Penha, acompanhando mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

Com o tema: “A Força da Mulher Potiguar”, o partido que mais cresce no Rio Grande do Norte focará em um lema: “Vote em mulheres”. O partido dará visibilidade às pré-candidatas do PSDB, e não haverá candidaturas fictícias de mulheres, apenas para cumprir a cota mínima de 30% determinada por lei. “Vamos ter três nomes que concorrerão a deputada federal e, também estamos viabilizando cerca de sete mulheres para concorrer a Assembleia Legislativa”, informa Isa Carneiro que também integra a Comissão da Federação PSDB/Cidadania, composta por 11 membros dos dois partidos.

No Rio Grande do Norte, 53% do eleitorado é feminino. “Estatísticas oficiais do TRE/RN comprovam que por falta de opção em 2018, mais de 350 mil eleitores votaram branco e anularam o voto para deputado federal no Rio Grande do Norte. Só isso elegeria dois representantes em Brasília, das oito vagas a que o nosso Estado tem direito. Para a Assembleia Legislativa, 208 mil pessoas foram para a fila votar, mas não escolheram nenhum nome para deputado estadual. Elegeriam três cadeiras.  Então a ideia de defender ‘Vote em Mulheres’ é uma estratégia de furar a bolha, tendo em vista esse contexto de baixa representatividade feminina”, afirmou a representante do PSDB Mulher. Ela alertou, ainda, para o crescimento da violência na política de gênero, o que demanda mais ações coletivas como reposta.

Presidente da Assembleia coloca sistemas de gestão do Legislativo Potiguar ao dispor da Unale

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), participou nesta terça-feira (5) de uma reunião com o deputado estadual Diogo Moraes (PE), vice-presidente Regional Nordeste da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) e com o diretor geral da entidade, Evaldo Bazeggio. Na oportunidade, Ezequiel Ferreira colocou à disposição dos demais legislativos os sistemas utilizados no Legislativo Potiguar de gestão de RH, dos processos legislativos, transmissão das sessões com participação híbrida e o processo de implantação de governança via Planejamento Estratégico.
 
O presidente da ALRN explicou que o Sistema E-Legis recentemente foi concedido à Câmara Municipal de Bauru e pode ser direcionado a outros legislativos do país. O Sistema E-Legis foi vencedor do prêmio Unale na categoria Gestão, também é exportado a outros legislativos do país como as Assembleias de Santa Catarina, São Paulo e Câmaras Municipais aqui no Estado. Na ocasião o encontro ainda tratou da luta pelas prerrogativas dos parlamentares, defesa de pautas em comum como redução do ICMS para combustíveis, transposição do São Francisco e socorro às cidades nordestinas que estão passando por dificuldades com as chuvas acima da média nas últimas semanas, causando estragos em ruas, avenidas e áreas de encostas.
 
“O Legislativo Potiguar é atualmente bicampeão do prêmio nacional da Unale na categoria Gestão, que destaca iniciativas modernas e que é modelo na Gestão Pública de parlamentos em todo o País. A boa imagem da ALRN nacionalmente vem sendo conquistada com reconhecimentos nacionais também direcionados às atividades da Escola da Assembleia; projetos da Procuradoria Geral; Diretoria Legislativa; Diretoria de Comunicação, que têm projetos de inclusão como campanhas institucionais premiadas, transparência e gestão com DNA potiguar, premiações e honrarias em todo o país”, disse Ezequiel Ferreira.
 
O deputado Ezequiel Ferreira explicou o Planejamento Estratégico desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, denominado “Horizonte 2023”, validado por todas as unidades da Casa e aprovado pela Mesa Diretora. O plano estratégico contempla a definição da visão de futuro até 2023 e dos macrodesafios (objetivos estratégicos) que nortearão as ações da Assembleia Legislativa no próximo quadriênio. “O plano elaborado teve como base o levantamento dos cenários interno e externo e definição dos principias problemas identificados ao longo da elaboração do documento, com metas para serem alcançadas nos próximos quatro anos. Compõem o documento 68 iniciativas estratégicas, 28 indicadores e metas, 18 iniciativas específicas e um projeto institucional”, detalhou.

Michael Diniz cobra ação conjunta da prefeitura e governo contra alagamentos em Parnamirim

As fortes chuvas que caem na Grande Natal desde o último final de semana têm causado grandes problemas também na cidade de Parnamirim. A situação do terceiro maior município do estado motivou pronunciamento do deputado estadual Michael Diniz (SDD) nesta terça-feira (05) na sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“Quero fazer um pedido de socorro. Parnamirim está passando por um transtorno imenso, com alagamento e inundações. A drenagem de águas em Parnamirim precisa ser trabalhada de forma urgente. A governadora e o prefeito precisam fazer uma aliança para o povo não sofrer tanto como está acontecendo”, disse o parlamentar.

Segundo o deputado, vídeos estão viralizando nas redes sociais com imagens de carros boiando em ruas alagadas e reservatórios transbordando. “Não são problemas atuais. A cidade de Parnamirim já sofre com isso há muito tempo”, completou.

Michael Diniz revelou que entrará em contato com o prefeito Rosano Taveira para colocar o mandato à disposição da administração municipal e solicitou a governadora Fátima Bezerra (PT) que dê atenção ao que ocorre em Parnamirim. O objetivo do deputado é encontrar uma solução emergencial, já que há locais na cidade onde a população está praticamente ilhada, sem conseguir sair de casa. “Alguma medida precisa ser tomada agora, urgentemente, o povo está sofrendo. As pessoas não estão conseguindo sair para trabalhar”, finalizou.

21 das 48 lagoas de captação de Natal possuem risco elevado ou médio de transbordamento

Foto: Reprodução

A chegada de chuvas mais intensas, como aquelas observadas em Natal nesse último fim de semana, são um teste para verificar o funcionamento das lagoas de captação, que têm a importante função de garantir a drenagem e infiltração das águas pluviais. Mas, das 48 lagoas de captação localizadas na capital, pelo menos 21 apresentam um elevado risco de transbordamento.

A constatação foi divulgada por meio de relatório elaborado pelo Departamento de Defesa Civil e Ações Preventivas, da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (SEMDES), da Prefeitura Municipal do Natal. Dentre os principais problemas, a maioria das lagoas apresentam vegetação em sua área interna, algumas estão sem vigilância e tiveram suas bombas para drenar a água roubadas. Em alguns locais, também foram observadas ligações clandestinas de esgotos nas lagoas que foram projetadas para receber apenas águas de chuva.

Em Natal, a chuva do final de semana quase superou a média esperada para o mês de julho em todo o Rio Grande do Norte e foi maior do que o volume esperado para a Região Leste, onde está localizada a capital potiguar. O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou um acumulado de 235mm na capital, quando a média para todo o mês era de 245mm.

Sem a drenagem adequada, alguns pontos da cidade continuavam interditados na manhã desta terça (05), como o trecho da Avenida Ayrton Senna que fica ao lado da Lagoa de Pirangi ou Jiqui, no bairro de Neópolis, capital. A Defesa Civil do estado também vai visitar alguns municípios do interior nesta terça (05) que também apresentaram problemas decorrentes das chuvas mais intensas, como a cidade litorânea de Touros.

RISCO ELEVADO DE TRANSBORDAMENTO

Lagoa Dom Pedro I – bairro Pajuçara II

Lagoa de Santarém ou Nova República – Potengi

Lagoa Acaraú – bairro Panatis I

Lagoa do Preá – bairro Lagoa Nova

Lagoa dos Potiguares – bairro Morro Branco

Lagoa do San Vale ou Integração

Lagoa de Cidade Jardim I

Lagoa de Cidade Jardim II

Lagoa dos Xavantes I

Lagoa dos Xavantes II (Caiapós)

Lagoa de Pirangi ou Jiqui – bairro Neópolis

Lagoa do Makro

Lagoa de Pirangi II ou Lagoa do Society

Lagoa do Pirangi

RISCO MÉDIO

Lagoa do Pajuçara 2 ou Visconde de Ouro Preto

Lagoa do Panatis

Lagoa do Jardim Primavera ou Jardim Progresso

Lagoa de São Conrado

Lagoa da Cidade da Esperança

Lagoa do Horto

Lagoa de Mirassol

BAIXO RISCO

Lagoa do Gramorezinho ou do Sapo – bairro de Lagoa Azul

Lagoa do José Sarney – bairro Potengi

Lagoa Vila Verde I (Pajuçara ou Dr Carneiro Ribeiro)

Lagoa do Vila Verde – Parque das Dunas III – bairro Pajuçara

BG

Em delação a PF, Marcos Valério diz que administrava caixa clandestino do PT com R$ 100 milhões

Foto: Reprodução

O publicitário Marcos Valério declarou em sua delação à Polícia Federal (PF) que era administrador de um caixa clandestino com R$ 100 milhões que pertencia ao Partido dos Trabalhadores (PT). As informações foram publicadas neste domingo (3) pela site da revista “Veja”.

Em 2005, Valério teria sido procurado pela legenda para entregar R$ 6 milhões do montante ao empresário Ronan Maria Pinto, que chantageava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para contar detalhes sobre a ligação do Primeiro Comando da Capital (PCC) com a morte do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel (PT), em 2002.

“Eu simplesmente, eu tinha muito mais que os seis milhões na mão deles, eu tinha umas dez vezes mais que isso na mão, então, pagar os 6 milhões não era o problema”, alegou Valério.

Segundo o publicitário, o pagamento não foi realizado por envolver o caso Celso Daniel. “Se eu não tivesse rastreado tudo isso, e não tivesse chegado a essa conclusão, eu teria feito, gente. Por que que eu não ia fazer? Eu tinha mais de 100 milhões deles na mão”, continuou Valério.

CNN / BG

‘Relação do Brasil com os 22 países da Liga Árabe ganha sentido estratégico’, afirma Mourão

Hamilton Mourão em cerimônia do Casa Verde e Amarela
Hamilton Mourão, vice-presidente do Brasil / FRANCISCO STUCKERT/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O governo busca ampliar o leque de relações por meio do comércio exterior. A fala do vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), que participou do Fórum Econômico Brasil e Países Árabes, reflete o esforço de atravessar as dificuldades neste período pós-pandemia da Covid-19. “Quando finalmente pensávamos nos aproximar da superação dessa doença, a inclusão do conflito entre a Rússia e a Ucrânia aprofundou a instabilidade que desejávamos ver superada. A ruptura das cadeias produtivas, o endividamento e a inflação permanecem como sérios desafios para muitos de nossos países, as relações do Brasil com os 22 países da Liga Árabe ganham um sentido estratégico ainda maior à luz do atual contexto extremo de instabilidade e incerteza”, afirmou.

Incrementar os negócios as relações com as nações árabes faz parte do rol de expansão de mercados projetos pelo governo brasileiro. Mourão aproveitou para destacar as oportunidades no setor de infraestrutura, especialmente o PPI, programa de parceria de investimentos. “No programa de parceria de investimentos, estima-se que que a contratação de investimentos programados entre 2019 e este ano de 2022 nos setores de infraestrutura seja da ordem de R$ 1,3 trilhão, considerando valores a serem executados a partir deste ano. Desse montante, a expectativa é de cerca de que R$ 360 bilhões sejam realizados até o ano de 2025”, disse. Mourão acrescentou aos participantes que o Brasil possui marcos regulatórios seguros e estáveis para investimentos estrangeiros.

Jovem Pan

Pacheco vai abrir caminho para CPIs, mas instalação deve ocorrer só depois das eleições

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG)
Presidente do Senado decidiu abrir caminho para abertura das CPIs / WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente do SenadoRodrigo Pacheco (PSD-MG) decidiu abrir caminho para que sejam criadas novas CPIs. A decisão foi confirmada nesta terça-feira, 5. Entretanto, o parlamentar afirmou que os líderes partidários querem que as Comissões Parlamentares de Inquérito só sejam instaladas após o término das eleições deste ano. Dentre as CPIs que foram autorizadas, está a do MEC. “O Senado, integralmente, reconhece a importância das CPIs para investigar ilícitos no MEC, desmatamento ilegal na Amazônia, crime organizado e narcotráfico. Os requerimentos serão lidos em plenário por dever constitucional e questões procedimentais serão decididas. Porém, a ampla maioria dos líderes entende que a instalação de todas elas deve acontecer após o período eleitoral, permitindo-se a participação de todos os senadores e evitando-se a contaminação das investigações pelo processo eleitoral”, disse Pacheco em seu perfil no Twitter.

O Senado, integralmente, reconhece a importância das CPIs para investigar ilícitos no MEC, desmatamento ilegal na Amazônia, crime organizado e narcotráfico.

Os requerimentos serão lidos em plenário por dever constitucional e questões procedimentais serão decididas. (+)

— Rodrigo Pacheco (@rodrigopacheco) July 5, 2022

A decisão de Rodrigo Pacheco foi anunciada na manhã desta terça depois de uma reunião com líderes partidários. Com isso, a CPI que vai apurar denúncias de corrupção e tráfico de influência de pastores que atuavam de maneira informal no Ministério da Educação deve ser instalada após as eleições. Em entrevista à Jovem Pan, o senador Plínio Valério (PSDB-AM)afirmou que instalar a CPI do MEC antes e outras comissões seria um desrespeito ao Senado. “Eu espero que ele [o presidente do Senado] não instale agora, mesmo querendo a CPI das ONGs, e vou exigir isso. É um desrespeito a 81 senadores, acima de tudo ao Senado Federal”.

Jovem Pan

Em defesa do turismo, pesca e saúde, Wanderleia Firmino será mais uma mulher na chapa de federal do PSDB

Representando o Litoral Norte Potiguar, Wanderleia tem experiência como vereadora de Rio do Fogo e empreendedora

A chapa feminina que disputará pelo PSDB para deputada federal terá uma empreendedora, técnica em enfermagem, pedagoga, mão de pet, que tem experiência na Câmara Municipal de Rio do Fogo: Wanderleia Firmino. Ela vai defender as bandeiras ligadas ao turismo, pesca que é um carro chefe na economia do Litoral Norte Potiguar, e saúde. Wanderleia além de vereadora, já exerceu a Secretaria de Saúde do seu município, que tem quase 11 mil habitantes. Ela fará dobradinha na região com o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza, que preside o PSDB estadual.

“Em todo Rio Grande do Norte, as pessoas me conhecem como administradora do Spa Termas Center, em Rio do Fogo. Há anos recebemos gente de todo Brasil, que além de cuidar da saúde, também vem conhecer as belezas naturais do Litoral Norte Potiguar. Fui secretária de Saúde, e mesmo como vereadora a saúde da mulher sempre foi a minha prioridade. Conheço bem as necessidades e o sofrimento do seu dia a dia, e estou disposta a lutar por melhorias desde a saúde de mulheres adolescentes até as mulheres na menopausa”, frisa a pré-candidata a deputada federal pelo PSDB.

No turismo, indústria que gera emprego e renda em toda região, Wanderleia conhece bem o Litoral Norte, onde lá ainda existem segredos não conhecidos pelos turistas que visitam o Rio Grande do Norte. “Rio do Fogo, por exemplo, tem passeios aos parrachos, suas piscinas naturais com águas claras límpidas e muita vida aquática.  Corais e formações rochosas que começam a ganhar o mundo. Suas águas rasas azul-esverdeadas boas para boiar encantam nossos visitantes. É com essa paisagem do Litoral Norte que vamos trabalhar para conseguir desenvolvimento e gerar oportunidades para o nosso povo”, afirma Wanderleia Firmino.

Rio do Fogo, cidade de pescadores onde a economia também é gerida por povos simples. “O destaque é a pesca da lagosta e polvo. Ser pioneiro não é fácil em lugar algum. E a pesca no Litoral Norte é uma atividade perpetuada através das décadas por pais e avós, é algo reservado somente para os fortes. Não só homens, mas existem mulheres que sobrevivem da extração e coleta de algas marinhas na praia de Rio do Fogo. Vamos defender junto com os pescadores a possibilidade de desenvolver e melhorar a vida desses trabalhadores, além de criar novas possibilidades de fazer dinheiro através de tecnologias sociais para a pesca”, defende Wanderleia, que mora em frente a um local onde pescadores sobrevivem há décadas do seu trabalho.

Através do mandato do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza foi destinada uma emenda parlamentar para um trator 0 km, que vai beneficiar o turismo e a pesca de Rio do Fogo. “Também foi solicitado à Secretaria de Pesca do Estado, capacitação profissional, distribuição de kits e de equipamentos de proteção e projeto experimental de aquicultura em água salobra. São ações para o fortalecer a pesca artesanal, setor que reúne mais de 30 mil pescadores em 76 colônias, no Estado. O Litoral Norte contribui com grande percentual de trabalhadores”, informa a pré-candidata a deputada federal.

Na Serra de São Bento, Ezequiel prestigia lançamento do Festival de Inverno

Foto cedida

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) participou nesta quinta-feira (30), da solenidade que lançou a 11ª Edição do Festival de Inverno de Serra de São Bento, que acontece de 12 a 14 de agosto. A prefeita Wanessa Morais (MDB) ainda assinou ordem de serviço para obras de pavimentação e drenagens de várias ruas, e entregou veículos para atender à população na saúde, inclusive uma ambulância 0Km, semi-UTI.

“O Festival de Inverno é o carro chefe da indústria sem chaminé, que é o turismo aqui na Serra de São Bento. São aguardadas cerca de 50 mil pessoas nos três dias de evento; que é um dos mais tradicionais da região Agreste e do Rio Grande do Norte”, frisa o presidente da Assembleia Legislativa.

“A parceria com o deputado Ezequiel Ferreira tem ajudado a gestão fazer muito mais pela Serra. São ações que modificam o dia a dia da população e visitantes, como uma ambulância semi-UTI. Obras de infraestrutura como pavimentação de ruas. E, também atendendo quem mora nas comunidades rurais, como redes de extensão de água”, detalha a prefeita Wanessa Morais, que estava ao lado do ex-prefeito Chico de Erasmo, que criou a cultura do festival na cidade, responsável pela expansão imobiliária e também a criação de diversos empreendimentos gastronômicos e leitos de hospedagem privados.

Na solenidade institucional também estiveram presentes o presidente da Câmara, Ditinha (PSDB), o vice-prefeito Gugu (PT) e vários vereadores do município, que acompanharam a apresentação do vídeo institucional do Festival e das atrações com programação completa em agosto.

Cratera “rasga” rua em Felipe Camarão e moradores são retirados de casa

Foto: Luiz Gustavo Ribeiro

As chuvas de domingo (03) provocaram inúmeros estragos e transtornos em Natal. Na rua Mirassol, no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal, o cenário é um dos mais preocupantes. A força da água abriu uma cratera que rasgou a rua ao meio.

A cratera se estende desde o cruzamento com a rua Miraí até a BR-226, que também ficou danificada e foi totalmente interditada. A rua, que é de mão dupla, teve um lado completamente afundado e outro parcialmente destruído. Além disso, várias casas estão comprometidas.

De acordo com a Defesa Civil de Natal, pelo menos 25 imóveis foram interditados na rua. Os moradores foram retirados de casa e se dirigiram para casas de parentes. No entanto, um morador se recusou a deixar a casa. “Não quero sair porque não vou abandonar minha casa. Eu não tenho nada, mas o pouco que tenho, me serve. E é difícil para conseguir de novo”, contou um morador da rua.

Por outro lado, um outro popular preferiu se precaver. “Já saí de lá desde ontem. Só levei minhas bolsas. Ficou tudo dentro da casa. Não tem como tirar nem para onde levar. Não volto para lá. Melhor a vida do que objeto. Geladeira, fogão, televisão, está tudo dentro. A vida é mais importante”, relatou o homem.

A Defesa Civil do município está atuando no local. Além de isolar a área, as equipes colocaram barreiras e sacos plásticos para tentar prevenir novos deslizamentes em caso de mais chuvas, como há previsão, de acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Portal da Tropical / BG

Celulares roubados são vendidos em plena luz do dia no Centro de SP

adolescentes segurando celular
São Paulo registrou mais de 289 mil roubos e furtos de celulares em 2020 / Pablo Villarroel/Pixabay

Equipe de reportagem da Jovem Pan News flagrou a facilidade com que os chamados “celulares frios”, nome dado à mercadoria roubada, podem ser comprados por qualquer pessoa no Centro de São Paulo. Na rua Glicério, localizada no bairro da Liberdade, cabos, baterias, carregadores e celulares são espalhados sobre um pano e comercializados de forma ilegal em plena luz do dia. A reportagem chegou a negociar um celular e, quando questionado se o aparelho tinha um ID, o vendedor garantiu que o celular era de fato “frio”. O ID é um número de identificação único de cada celular, quando o aparelho é roubado os criminosos alteram o código para que o dispositivo não seja rastreado.

Alguns celulares chegam a ser vendidos sem bateria, mas os vendedores têm um esquema muito elaborado e indicam outros comerciantes de produtos roubados que vendem os acessórios. Para o coronel reformado da Polícia Militar e ex-secretário nacional de Segurança José Vicente da Silva a comercialização destes celulares incentiva o roubo e alerta que quem compra os aparelhos também está cometendo uma ilegalidade: “É um grande mercado porque existe um grande público para isso. Eventualmente, nós podemos constatar e verificar possíveis locais onde estão concentrando a venda de celulares de origem criminosa”. O governador Rodrigo Garcia afirmou que a Operação Sufoco, que foi iniciada em 4 de maio, reduziu em 20% o roubo de celulares e a apreensão destes aparelhos aumentou 70%.

No entanto, o coronel acredita que falta maior atuação da polícia para coibir a venda destes aparelhos. “Os locais já bastante ‘manjados’, como se diz, na região da Santa Efigênia, é aonde estes celulares são vendidos e ofertados, mas quando se anda na região nós verificamos uma quantidade enorme de produtos de origem criminosa e contrabando. Infelizmente a polícia não está reprimindo esses locais que se tornam uma grande praça de venda e compra de produtos de origem criminosa”. Os celulares são os principais atrativos dos criminosos, mas correntes e colares também não passam batidos por eles. De forma geral, os roubos na Avenida Paulista cresceram 32% segundo o levantamento feito pela Jovem Pan News, com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Em 2021, foram 366 casos e neste ano já são 486 registros.

Jovem Pan

TCU acata pedido do Ministério Público para apurar denúncias na Caixa

Fachada do TCU, em Brasília
Tribunal aceitou pedido feito pelo Ministério Público de Contas / André Dusek / AGE / Estadão Conteúdo

Tribunal de Contas da União (TCU) acatou um pedido feito pelo Ministério Público para apurar denúncias de assédio sexual contra Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa Econômica Federal. O pedido foi feito pelo Ministério Público junto ao TCU, através o subprocurador Lucas Rocha Furtado. Guimarães deixou o cargo na semana passada, depois de ter sido alvo de denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias do banco. “Quando praticado no âmbito da administração pública, o assédio gera a percepção, na sociedade, de que as instituições estatais não se pautam em valores morais nem são conduzidas segundo elevados padrões de conduta”, diz Furtado em sua representação.

O pedido diz que as denúncias feitas contra Guimarães são “de extrema gravidade” e mostram uma conduta “reprovável e incompatível” com o cargo de presidência de uma das maiores instituições financeiras do país. O subprocurador também diz que, se as denúncias forem confirmadas, Pedro Guimarães “cometeu assédio sexual e moral contra empregadas e empregados daquela instituição financeira pública, o que, além de caracterizar prática criminosa, configura flagrante violação ao princípio administrativo da moralidade”. Este princípio está previsto na Constituição.

Guimarães nega as acusações. Ele afirma que pediu para deixar o cargo no banco a fim de evitar que a instituição ou o governo sejam alvos de rancor em um ano eleitoral. “A partir de uma avalanche de notícias e informações equivocadas, minha esposa, meus dois filhos, meu casamento de 18 anos e eu fomos atingidos por diversas acusações feitas antes que se possa contrapor um mínimo de argumentos de defesa. É uma situação cruel, injusta, desigual e que será corrigida na hora certa com a força da verdade”, destacou o economista em sua carta de demissão. “As acusações noticiadas não são verdadeiras e não refletem a minha postura profissional nem pessoal. Todavia, não posso prejudicar a instituição ou o governo sendo um alvo para o rancor político em um ano eleitoral”, acrescentou.

Jovem Pan