Álvaro Dias toma posse em do segundo mandato em Natal, diz que vai investir no turismo

Álvaro Dias (PDT) tomou posse nesta sexta (1º) na Câmara Municipal de Natal — Foto: Carla França/Assessoria PMN
Álvaro Dias (PDT) tomou posse nesta sexta (1º) na Câmara Municipal de Natal — Foto: Carla França/Assessoria PMN

O prefeito reeleito Álvaro Dias (PDT) e a vice Aíla Cortez (PDT) tomaram posse na tarde desta sexta-feira (1º) para o novo mandato à frente da Prefeitura de Natal. A cerimônia foi realizada na Câmara Municipal da cidade e comandada pelo presidente da casa legislativa, vereador Paulinho Freire (PDT).

No discurso de posse Álvaro Dias afirmou que vai investir no turismo para a geração de emprego e renda e destacou projetos que foram bandeiras da sua campanha como o novo mercado da Redinha e a recuperação da infraestrutura da praia de Ponta Negra.

“Tenho um compromisso com a cidade e com o povo, precisamos gerar emprego e renda, precisamos reaquecer a economia e investir no turismo com responsabilidade, para superar a grande lacuna gerada pelo desaquecimento do mercado provocado pela pandemia do coronavírus”, disse.

Álvaro Dias também anunciou a criação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Direitos Humanos e Minorias.

“Temos uma dívida social impagável com os afrodescendentes no Brasil. A escravidão deixou de existir, mas não deram escolas, nem moradia, nem emprego para os escravos libertos. Precisamos começar a resgatar essa dívida. (…). Dentro desse contexto anunciamos a criação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Direitos Humanos e Minorias”.

O prefeito reeleito ainda relembrou todas as ações tomadas durante a pandemia como a instalação do hospital de campanha e dos Centros de Enfrentamento à Covid-19.

Prefeito reeleito

Álvaro Dias tem 61 anos e é natural de Caicó. Foi deputado estadual por quatro mandatos e presidente da Assembleia Legislativa entre 1997 e 2002. Também foi deputado federal. Em 2016, foi vice em uma chapa para a Prefeitura de Natal encabeçada por Carlos Eduardo Alves. A chapa foi eleita em primeiro turno. Dois anos depois, Carlos Eduardo abdicou do cargo para tentar o posto de governador do Rio Grande do Norte. Álvaro, então, assumiu a prefeitura da capital.

O prefeito e os vereadores do município foram eleitos em novembro do ano passado. A maior bancada da Câmara será do PDT, com 5 vereadores.

Cabe ao prefeito decidir onde aplicar os recursos repassados ao município pelo Estado ou pelo governo federal e como administrar o que é arrecadado de impostos, como IPTU e ISS. Ele também é responsável pelas políticas de áreas como educação, saúde, moradia, transporte público e saneamento básico. Para isso, conta com secretários que são nomeados. O prefeito também precisa trabalhar junto com os vereadores, que representam os cidadãos no Legislativo municipal.

G1RN