Ações parlamentares e distribuição de vacinas são assuntos comentados durante sessão da AL

O deputado Vivaldo Costa (PSD) usou a tribuna virtual da Assembleia Legislativa, durante sessão ordinária desta quinta-feira (08), para relembrar ações da secretaria estadual de saúde, quando a ocupou e chamou a atenção para duas. “Uma foi a abertura dos Postos de Saúde nos finais de semana e a outra foram as melhorias nos serviços odontológicos”, disse.

O parlamentar destacou que trouxe as situações à tona para que sirva de exemplo para os prefeitos. “Cuidem da saúde bucal da população. Abram os postos de saúde nos finais de semana. Essas ações irão beneficiar um público que trabalha na semana ou nos horários comerciais”, ressaltou.

Outro assunto tratado por Vivaldo Costa foi o número de vacinas distribuído pelo Governo do Estado para os municípios. “O prefeito de Caicó, Drº Tadeu (PSDB), reclama do pequeno número de vacinas que está chegando ao município. O prefeito de Ceará-Mirim também tem a mesma queixa. Todos buscando proteger a população. Na minha opinião, isso atesta a lisura da Secretaria Estadual de Saúde, do Governo Fátima Bezerra, comprovando que não há benefícios e sim uma divisão por igual”, resumiu.

O segundo parlamentar a usar o horário dos deputados foi Coronel Azevedo (PSC) ele falou do retorno dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Arena das Dunas – e informou que as atividades ocorrerão seguindo o Regimento Interno da Assembleia Legislativa, com reuniões sempre as terças-feiras.

Coronel Azevedo falou também que estará amanhã (9) em Brasília onde participará do Movimento Pró-Armas. “Esse encontro acontece na Esplanada dos Ministérios e tem como objetivo reforçar a luta contra a prática do tiro esportivo e das atividades de colecionadores, atiradores e caçadores (CAC). “Uma nação armada jamais será escravizada”, disse.

Coronel Azevedo disse ainda que esteve no município de Poço Branco, acompanhado do deputado federal General Girão (PSL) participando da entrega de benefícios do Governo Federal à população. “Na ocasião, o deputado General Girão recebeu o título de cidadão daquele município”, contou.

Por fim, o parlamentar lamentou o episódio da CPI da Covid no Senado, onde o presidente da CPI, fez graves acusações às forças armadas do Brasil. “Esse absurdo resultou em uma nota do Ministério da Defesa do Brasil, repudiando a atitude do deputado”, disse ao ler, na íntegra a nota do Ministério da Defesa do Brasil.