Ação Solidária da LBV, renova a Esperança de famílias de Lajes Pintada no RN

Foto cedida

A Legião da Boa Vontade – LBV com sua Campanha Diga Sim!, chegou no último, 3 de agosto, ao município de Lajes Pintada, para beneficiar famílias que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social e risco alimentar. As comunidades rurais assistidas foram Barros Preto, Bento Nunes, Granja, Baraúnas, Malagueta, Serra Verde, Pedra Preta, Timbaúba e Serra de Manoel Carlos, na qual foram entregues cerca de uma tonelada e meia em cestas de alimentos, kits de higiene e limpeza, máscaras e álcool 70%, itens essenciais a prevenção ao Covid-19.  

O município de Lajes Pintada, está situado na Região do Agreste Potiguar, registra um percentual de 0,625 no Índice de Desenvolvimento Humano e Municipal – IDHM, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE de 2020. Nesse período de pandemia o cenário atual da fome ultrapassa a marca de mais de 1 milhão de norte-rio-grandenses vivendo em situação de extrema pobreza, segundo dados extraídos do Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas).  

Em cada lar, visitado pela equipe de voluntários da LBV, juntamente com a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da localidade, encontrou famílias que sobrevivem somente de programas sociais, como o Bolsa Família do Governo Federal, devido a situação climática predominante, a seca, a agricultura não tem contribuído para que as pessoas possam se alimentar da terra. Dezenas de relatos das famílias assistidas pela LBV, comentam que a carne como mistura com o arroz e o feijão, não faz mais parte do cardápio, há muito tempo. Vivem de forma precária e insalubre, em sua maioria casas de taipas, dezenas não dispõem de utensílios domésticos, como armário para condicionar os alimentos da LBV que chegaram para amenizar a fome. O fogão a lenha ou de carvão, são maneiras utilizadas para cozinharem suas refeições, já que falta condições para a compra do botijão de gás, relata a idosa, Maria Lúcia Barros, 71 anos, mãe de oito filhos, dos quais cinco estão vivos. 

Para a idosa, Lúcia Barros, encarar a fome de perto, lhe trouxe momentos difíceis e tristes, como lembranças do passado, quando perdeu seu recém-nascido com oito meses de vida, devido a subnutrição que o acometeu em decorrência da fome.  

A sra Lúcia, nos contou com lágrimas no rosto, que alimentou seu filho que não resistiu a fome, com caldo de manga e água com açúcar para matar a fome do pequenino, alimentos sem nenhuma vitamina e proteína. Ela lembra que ia com o esposo no centro da cidade, trocar carvão por osso, ao chegar em casa, fazia caldo, e no dia seguinte colocava os ossos no feijão quando tinha. “Não estudei, comecei a trabalhar na roça muito jovem, para ajudar os meus pais, plantava e colhia algodão, limpava mato era muito cansativo, devido ao trabalho braçal que é árduo”, relata.  

O apoio emergencial da LBV, chegou na hora certa para a família da idosa Lúcia Barros, que agradece a todos que ajudaram para que tenha alimentação na mesa. “Em casa já estava faltando arroz, feijão, óleo, e hoje chegou essa bênção de Deus, quero agradecer a todos pela ajuda, e que Jesus, não deixe faltar o pão de cada dia a todos”.  

Para que todo esse trabalho continue a assistir milhares de pessoas, a Instituição conta com a sua doação. A Campanha Diga SIM da LBV, até ao final desse mês de agosto, faz a entrega nas cinco regiões do país, mais de 104 mil cestas de alimentos; 311 mil litros de leite; 110 mil kits de higiene e de limpeza, além de continuar com todo atendimento em suas 82 unidades.   

Para DOAR: 

Acesse www.lbv.org.br e doe de coração, qualquer valor. Se preferir, faça uma transferência bancária pelo PIX oficial da LBV: pix@lbv.org.br.  

Confira essas e outras ações realizadas pela LBV no endereço @lbvbrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.