Archive for abril 7th, 2021

Kleber Rodrigues enaltece flexibilização do comércio e auxílio emergencial

O deputado Kleber Rodrigues (PL) enalteceu nessa terça-feira (6), em sessão plenária remota da Assembleia Legislativa, o decreto publicado na última semana pelo Governo do Estado, ocasião em que algumas atividades comerciais foram liberadas para funcionamento. O deputado comemorou também o início do pagamento do auxílio emergencial.

“Semana passada tivemos a alegria de ver o decreto governamental liberando, de forma controlada, o segmento do comércio, que vem passando por bastante dificuldade. Tenho a satisfação de ter participado aqui na Casa, ao lado de outros colegas deputados, de reuniões em busca da flexibilização de algumas atividades, que graças a esses entendimentos já voltaram à ativa”, disse Kleber.

Em se tratando do auxílio emergencial, o deputado reforçou a importância do pagamento às pessoas em vulnerabilidade social. “Infelizmente o valor é inferior aos demais auxílios emergenciais pagos anteriormente, mas ainda assim será fundamental para ajudar de alguma forma àqueles que estão em dificuldade nesse momento de pandemia”, declarou Kleber alertando ainda para o percentual de endividamento das famílias brasileiras.

“Registramos um percentual nacional de 28,5%. Esse índice deve aumentar ainda mais face ao não pagamento do auxílio emergencial no primeiro trimestre do ano. Para um estado como o nosso isso é alarmante, pois já temos um alto índice de desemprego. Ainda assim, mesmo que o valor pago agora seja curto, há de trazer um desafogo a quem passa por dificuldades”, concluiu.

ARTICULAÇÃO: Joaquim Barbosa quer tirar Bolsonaro do poder em 2022

Foto da Internet

Aposentado do STF (Supremo Tribunal Federal) em 2014, Joaquim Barbosa hoje está mais imerso no mundo político do que no jurídico. Em 2018, filiou-se ao PSB e cogitou sair candidato a presidência da República. Desistiu. Agora, articula nos bastidores seu apoio para a disputa de 2022 com uma prioridade em mente: tirar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) do poder.

A tônica das conversas de Barbosa tem sido a crítica ferrenha ao governo atual. Nas eleições, a intenção do ex-ministro é dar o peso de seu nome à esquerda para derrubar Bolsonaro nas urnas. Para atingir esse propósito, não descarta apoiar eventual candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mesmo duvidando que o petista saia candidato.

A interlocutores, Barbosa tem dito que não quer se candidatar. Mas essa possibilidade ainda não foi totalmente descartada. Uma decisão, porém, já foi tomada: se não for cabeça de chapa, não será vice de ninguém.
O eventual apoio de Barbosa a Lula seria irônico. Afinal, em 2012, como relator do mensalão, o ministro votou pela condenação dos principais agentes políticos do governo do petista no maior escândalo de corrupção do país conhecido até então. Ainda assim, Barbosa e Lula guardam semelhanças na biografia: ambos têm origem humilde e ganharam notoriedade nacional.

Barbosa e Lula nunca foram amigos. O petista queria nomear o primeiro negro para o STF. Frei Betto apontou Barbosa como a pessoa perfeita para o cargo. Lula abraçou a ideia. Quando sentou-se à cadeira da Corte, o ministro mostrou independência ao votar pela condenação de petistas – inclusive do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

Na política, Barbosa poderia ter alçado voos mais altos em 2018 caso tivesse entrado na disputa. Em abril daquele ano, oscilava entre 8% e 10% nas pesquisas de intenção de votos, em terceiro ou quarto lugar da disputa. Mas decidiu abortar os planos pelo excesso de exposição que isso traria para sua vida. Os motivos pessoais e familiares também pesam na escolha de sair ou não candidato em 2022.


Com informações do UOL

Lagoa Nova abre ano letivo com jornada pedagógica que foca nos desafios do ensino híbrido

A cidade de Lagoa Nova deu início aos trabalhos formativos da I Jornada Pedagógica 2021. A ação reuniu nesta terça-feira (6), de forma virtual, todos os envolvidos no processo educacional, desde a Equipe Central da Secretaria Municipal de Educação, até os Gestores, Coordenadores, Supervisores, Professores e Profissionais dos Serviços de Apoio da Rede Municipal. O prefeito, Luciano Santos, fez questão de acompanhar o primeiro dia de atividades que tem como tema central ‘a busca para o ensino aprendizagem humanizado para a educação híbrida’.

A Secretária de Educação, Iralice Aciole, abriu os trabalhos e desejou boas vindas aos internautas. “O ano letivo de 2021 traz muitas incertezas. São inúmeras as perguntas, que estamos em busca de respostas. A jornada pedagógica é um programa de formação de educadores construído especialmente para a formação de docentes e gestores, frente às incertezas deste momento. Temos um objetivo central que é refletir sobre o fazer pedagógico”, contou.

Coube a coordenadora da 9ª Direc, Elba Alves, que é pós-graduada em linguística e ensino da língua materna, conduzir a palestra de abertura do evento. O bate-papo trouxe como tema: O Projeto Político Pedagógico e Avaliação da Aprendizagem no Ensino Híbrido.

Em sua fala, Luciano apresentou um breve relato de como encontrou e educação, o que a gestão tem feito e o planejamento até o final do mandato. “A educação do mundo inteiro está se reinventando, profissionais estão se redesenhando. Estamos diante de um grande desafio. Só iremos superar tudo isto com união. A educação lagoanovense está superando desafios. Temos 16 unidades educacionais e conseguimos avançar recuperando 11 unidades, falta também à creche municipal com suas muitas burocracias. Vamos seguir, pois superamos diversos desafios e este da pandemia será mais um. O nosso sonho, a nossa inclinação é deixar uma educação estruturada para Lagoa Nova”.

A Jornada Pedagógica de Lagoa Nova segue até quinta-feira (8) com uma programação diversificada.