Operação da PF desarticula quadrilha de tráfico de skunk na Grande Natal

Policiais federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão temporária em Parnamirim — Foto: Polícia Federal/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (21) uma operação para desarticular uma quadrilha envolvida no tráfico de skunk. Cerca de 25 policiais federais participam do cumprimento de 5 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão temporária.

O Skunk é uma versão da maconha resultante da manipulação que aumenta o nível de concentração do seu princípio ativo (THC).

As investigações da Delegacia de Repressão a Drogas da PF tiveram início logo após uma prisão de um traficante no final de 2018, em Parnamirim. Naquela oportunidade, um suspeito foi surpreendido quando recebia, via Correios, uma encomenda de Skunk, postada de outro estado. Após o fato, as investigações continuaram e mais envolvidos no crime de tráfico de drogas foram identificados.

Como parte da ação de desarticulação da quadrilha, também foi feito o bloqueio de contas bancárias, o que deve gerar a desestabilização financeira dos envolvidos. Os presos serão conduzidos para a sede da Polícia Federal, à disposição da Justiça.

Fonte: https://g1.globo.com

CFF vai solicitar senha do governo para fiscalizar recursos orçamentários

A solicitação à Secretaria de Planejamento e Finanças da senha do Sistema Integrado de Gestão Fiscal (SIGEF), que permite acompanhar as receitas e despesas do governo Estado, foi o principal assunto debatido na reunião da Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), realizada na manhã desta quarta-feira (20).
“Há muita celeuma sobre o que o governo arrecada, o que gasta e quanto tem em caixa.  Não acredito que o governo tenha tanto dinheiro em caixa como se diz. Falei ontem com o secretário José Aldemir e ainda hoje vou encaminhar ofício assinado por todos os membros da Comissão, solicitando a senha, pois existe uma lei que determina que ela seja disponibilizada para a CFF, para que possamos acompanhar a aplicação de recursos do orçamento estadual”, afirmou o presidente da Comissão, deputado Tomba Farias (PSDB).
Na discussão do tema todos os deputados da CFF opinaram sobre a medida adotada pela presidência da Comissão.
O deputado Coronel Azevedo (PSL) disse que a “fiscalização orçamentária e financeira do Estado é primordial para esta Comissão de Finanças e Fiscalização desta Casa”.
Já o deputado José Dias (PSDB) foi taxativo: “é Lei e o Executivo tem obrigação de abrir as contas com o fornecimento da senha, pois o Portal da Transparência tem deficiências que não são de agora. Também não acredito que haja saldo. Se existir saldo é porque não foram pagas dívidas que existem”, frisou o deputado.
O deputado Ubaldo Fernandes (PTC) também enalteceu a posição tomada pela Comissão no ato de transparência na aplicação da Lei. “Acredito que não teremos dificuldade no acesso à senha para conseguir as informações que vão servir de subsídios para a discussão e monitoração da execução orçamentária”, ressaltou Ubaldo
O deputado Francisco do PT considerou uma atitude acertada e não ver dificuldade no cumprimento da Lei, “pois não acredito que o Governo tenha receio de ser fiscalizado. O governo quer a transparência. Agora é preciso que a gente tenha conhecimento dos dados e que saibamos analisar os números. É preciso fazer essa leitura”, disse o deputado.
Getúlio Rêgo (DEM) manifestou a satisfação pelo fato de a CFF estar atenta a essa situação. “Não acredito que a governadora queira dificultar essa fiscalização. É preciso um pacto com os servidores que são os mais necessitados”, reforçou o parlamentar.
“É um dever da nossa Comissão, pois desta forma vamos ficar sabendo da realidade. Também é preciso que o Governo atualize o Portal da Transparência” opinou a deputada Cristiane Dantas (SDD).
Ordem do dia 
Apenas uma matéria constava na pauta da ordem do dia para discussão e votação. Era o Projeto de Lei 58/2019, de autoria  da deputada Cristiane Dantas, que dispõe sobre a inclusão das pessoas com deficiência física, visual, mental, severa ou profunda ou autista, os benefícios alusivos à isenção de IPVA na aquisição de veículos automotores.
O relator da matéria, deputado Francisco do PT pediu diligência porque a proposição gera renúncia de receita e não foi incluído o relatório de estimativa do impacto orçamentário e financeiro.
Participaram da reunião dos deputados Tomba Farias, José Dias, Cristiane Dantas, Coronel Azevedo, Ubaldo Fernandes, Francisco do Pt e Getúlio Rêgo.
Assessoria

TRE-RN condena ex-governador Robinson Faria por conduta vedada durante período eleitoral de 2018

TRE apontou que Robinson Faria teve candidatura beneficiada por cerimônia de entrega das ambulâncias — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) condenou o ex-governador do estado Robinson Faria (PSD) e o seu candidato a vice, Sebastião Couto, por conduta vedada nas eleições do ano passado. O TRE atendeu uma denúncia do Ministério Público Eleitoral. A condenação aponta que Robinson teve a sua candidatura beneficiada de forma irregular por uma cerimônia de entrega de duas ambulâncias ao município de Santo Antônio durante o período eleitoral. O então secretário de saúde do estado, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho, esteve presente na cerimônia.

Foram condenados também na decisão o prefeito de Santo Antônio, Josimar Custódio, o ex-secretário estadual de Saúde, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho, e a Coligação Trabalho e Superação (formada pelo PRB, PTB, PR, PPS, PMB, PTC, PSB, PRP, PSDB, PSD, Avante e Pros).

Todos foram sentenciados a pagar multas individuais no valor de 10 mil Unidades Fiscais de Referência (Ufir).

O advogado de defesa do ex-governador, Felipe Cortez, informou que enviou recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recorrendo da decisão e que está confiante. Ele falou ao G1 que, para a defesa, “não foi reconhecido nenhum ato político” na cerimônia. O advogado citou ainda que “foi reconhecido que não houve doação”, mas “uma designação de uma ambulância doada ao estado para servir um hospital do estado”.

Segundo a denúncia do Ministério Público Eleitoral, o então secretário de saúde do estado Pedro Cavalcanti Filho formalizou no dia 25 de agosto do ano passado – quando a campanha eleitoral já havia começado – a entrega das duas ambulâncias em uma solenidade pública que contou com a presença do prefeito de Santo Antônio, Josimar Custódio. O MP Eleitoral indicou que o evento serviu para promover a candidatura à reeleição de Robinson Faria.

A representação do MP Eleitoral “comprovou que o secretário usou camisa da cor da campanha do então governador, bem como o prefeito de Santo Antônio, constando nos autos foto dele fazendo o número 55, exatamente o de Robinson Faria nas urnas. Nas redes sociais, a solenidade de entrega das ambulâncias foi divulgada com a hashtag #todoscomrobinson55.”

Na decisão, o TRE-RN disse que, em relação à “entrega das mencionadas ambulâncias, indubitavelmente, ficou fartamente comprovado o uso promocional vedado”. A entrega das ambulâncias também é parte de uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) de autoria do MP Eleitoral por abuso de poder político e econômico.

Allyson Bezerra repercute denuncia de falta de alimentos e medicamentos em hospitais do RN

O deputado estadual Allyson Bezerra (SDD) repercutiu, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (20), uma notícia jornalística de que três hospitais do Rio Grande do Norte, o Walfredo Gurgel, João Machado e Antônio Ferraz, estão com problemas de falta de medicamentos e alimentação. O parlamentar também pediu que o Governo receba as demandas dos trabalhadores da Saúde em greve há mais de 40 dias.

“Essa denúncia vem de encontro ao nosso projeto apresentado esta semana sobre a transparência na Saúde Pública. Faço um apelo ao Governo e aos deputados para aprovarmos e sancionarmos este projeto”, disse o deputado.

O deputado Getúlio Rêgo (DEM) aparteou o pronunciamento de Allyson ressaltando a crise na saúde. Ele sugeriu que a classe política potiguar vá ao Ministério da Saúde pedir socorro financeiro para o setor. Para ele, as notícias que os corredores de hospitais estão vazios reflete a falta de condições de atendimento e não uma melhora na Saúde Pública estadual. “Faremos uma audiência pública sobre o assunto com todos os secretários municipais e o secretário estadual de Saúde para que possamos encontrar uma solução, principalmente para as filas de cirurgias. Pessoas têm sofrido e morrido com essa espera”, disse o parlamentar.

Já o deputado Dr. Bernardo (Avante) trouxe uma boa notícia sobre os hospitais de Mossoró. “Depois de um acordo promovido pelo Ministério Público, hospitais privados e representantes do setor público, esses hospitais voltarão a realizar cirurgias eletivas a partir de segunda-feira (25)”, disse Dr Bernardo.

Assessoria

Após suspensão de concurso, Prefeitura de Macaíba publica edital para devolver taxa de inscrição

Sede da Prefeitura de Macaíba, na região metropolitana de Natal — Foto: Divulgação/Prefeitura de Macaíba

A Prefeitura de Macaíba, na região metropolitana de Natal, publicou um edital para regulamentar a devolução do dinheiro da taxa paga por candidatos na inscrição de um concurso público lançado no ano passado e que foi suspenso. O prazo para realizar o pedido vai da próxima sexta-feira (22) até o dia 5 de abril. Após o fim desse período, o município deverá depositar os valores em até 30 dias.

Os candidatos que não solicitarem o reembolso terão direito a participar do novo concurso, que terá uma outra banca contratada pelo município e não poderão solicitar reembolso em outra data fora do prazo. A regulamentação pode ser consultada na edição da edição do Diário Oficial do Município da última segunda-feira (18).

Para pedir a devolução, o candidato deve preencher o formulário de restituição da taxa de inscrição, que estará disponível no site da Prefeitura e informar dados como: nome completo, número do RG e do CPF, telefone e e-mail.

A devolução da taxa de inscrição será feita por meio de transferência bancária, em conta do candidato, ou por meio de vale postal, nas agências dos Correios.

“A devolução será realizada após análise dos pedidos, quando a Prefeitura Municipal de Macaíba dará publicidade da listagem dos candidatos com pedidos de devolução deferidos, por meio de Editais complementares, que serão publicados no site desta municipalidade”, informou a prefeitura.

Quem desejar participar ainda do concurso, não deve solicitar reembolso e ficará desobrigado de pagar qualquer outra taxa, “necessitando apenas atualizar seus dados cadastrais com a nova empresa”.

Suspensão

A Prefeitura de Macaíba abriu concurso público com 627 vagas de níveis médio e superior em dezembro do ano passado, oferecendo salários que variavam de R$1.082,24 a R$10.573,50. As inscrições aconteceram de 3 de dezembro a 3 de janeiro de 2019 pela internet, com taxas de inscrição de R$ 85 para nível médio e R$ 105 para nível superior.

A banca organizadora do concurso era a Consulpam Consultoria. As vagas oferecidas eram para agente administrativo, agente comunitário de saúde, educador social, técnico de enfermagem, técnico de farmácia, técnico em edificações, assistente social, auditor de tributos, dentista, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, pedagogo, psicólogo, professor, dentre outras.

Porém a Prefeitura suspendeu o concurso “temporariamente”, em janeiro, após a constatação de “diversas falhas e descumprimento do instrumento editalício”.

Em fevereiro, após realização de audiência pública, a Defensoria Pública recomendou que o município suspendesse o edital para realizar nova licitação e contratar outra banca. De acordo com o órgão, foram constatadas várias irregularidades que não foram corrigidas pela empresa contratada inicialmente.

Fonte: https://g1.globo.com/

Tribuna do Norte receberá homenagem da Assembleia pelos 69 anos de fundação

Era 24 de março de 1950 quando nascia o jornal Tribuna do Norte, fundado por Aluízio Alves. Na primeira edição, com 12 páginas, matérias jornalísticas abordavam assuntos sobre a política local. Quase sete décadas depois, o jornal se mantém firme na liderança entre os impressos. Essa história de 69 anos será lembrada, através de 24 homenageados, em sessão solene na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, no próximo dia 26 de março, às 9h.

“A Tribuna do Norte vem vencendo o tempo e as inovações tecnológicas com muita competência, principalmente porque lá passaram grandes profissionais, grandes nomes do jornalismo potiguar e profissionais de outras áreas que serão homenageados neste dia”, disse o propositor do evento, o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

Os fundadores do jornal, Aluízio Alves e seus irmãos José Gobat e Agnelo Alves  serão homenageados durante a sessão solene. Experientes nomes como Valdir Julião, Carlos Peixoto, Osair Vasconcelos, Vicente Neto, Paulo Tarcísio Cavalcanti e Woden Madruga terão suas histórias reconhecidas, assim como as novas gerações representadas nos talentos de Guia Dantas, Aura Mazda, Thiago Cavalcanti, Sara Vasconcelos, Júlio Pinheiro, Cledivânia Pereira, Anna Ruth Dantas, Aldemar Freire e Washington Rodrigues.

Os renomados repórteres fotográficos Canindé Soares e Magnus Nascimento receberão a honraria pelos seus serviços prestados à Tribuna do Norte durante anos.  O atual diretor administrativo da empresa, Ricardo Alves, também será homenageado, assim como o chargista Edmar Viana, que será lembrado in memoriam.

Assessoria

Vereadores aprovam aumento de 4% para servidores da Câmara Municipal de Natal

Vereadores aprovaram reajuste de 4% nos salários de servidores efetivos da Câmara Municipal de Natal — Foto: Elpídio Júnior/CMN

Em regime de urgência, os vereadores de Natal aprovaram um aumento de 4% nos salários dos servidores efetivos da Câmara Municipal, na sessão plenária desta terça-feira (19). Presidente da Casa, Paulinho Freire (PSDB) afirmou que a medida atende à data base da categoria, que é prevista em lei. De acordo com o sindicato dos servidores, o reajuste representa o segundo maior ganho nas negociações, que acontecem em todo o país.

De acordo com o presidente, foi oferecido 0,25% a mais do que o índice estipulado para reajuste. Ele ainda considerou que o aumento foi possível devido a uma economia em alguns setores da Câmara. “Foi feito um estudo sobre o impacto causado na folha salarial da Casa. A mesa diretora trabalhou com muita responsabilidade para que a lei fosse cumprida”, argumentou.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL) contestou a aprovação do Projeto. “Não sou a favor de conceder reajuste salarial para funcionários que ganham salários altíssimos na Câmara. Existem os funcionários que não ganham muito, que merecem o reajuste, mas também, funcionários que recebem valores altos. Será que a Casa vai ter realmente condições de arcar com esse reajuste? Porque estamos vivendo uma situação financeira muito delicada”, disse.

Por outro lado, o vereador Felipe Alves (MDB) enalteceu a aprovação da matéria. “O reajuste é um direito dos servidores de carreira e nós vereadores somos cobrados para que essa data base seja cumprida anualmente. Fico feliz que a atual mesa diretora teve condições de conceder esse aumento e valorizar o servidor”, comentou.

Segundo João Alberto Bezerra, presidente do Sindicato das Câmaras Municipais das Regiões Metropolitanas, o reajuste de 4% abriu precedentes para melhores negociações futuramente. “Pelo momento que o país está passando foi um percentual importante, abrindo um precedente para que a gente avance nas próximas negociações, na próxima data base. Nós tivemos o segundo maior ganho de negociação sindical do Brasil”, afirmou.

Outros projetos

Durante a sessão também foi aprovado em segunda discussão um projeto de lei do prefeito de Natal que estabelece a Política Municipal de Saneamento Básico de Natal. “O Projeto é importante para a saúde da população natalense e para a salubridade do meio ambiente da cidade, porque em breve teremos uma Natal 100% saneada”, disse o vereador Fernando Lucena (PT).

Também foi aprovados projeto do ex-vereador Joanilson Rego, subscrito pelo vereador Paulinho Freire, que trata sobre medidas de segurança pública, proibindo o uso de capacete, gorro, máscara e acessório que dificulte a identificação do usuário em locais públicos e privados.

Os parlamentares aprovaram, por fim, projeto do vereador Dickson Júnior (PSDB), que autoriza o município a disponibilizar álcool em gel 70% para higienização das mãos nas escolas.

Fonte: https://g1.globo.com

Assembleia vai debater tema da Campanha da Fraternidade na próxima quinta-feira

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vai promover uma discussão acerca da Campanha da Fraternidade, que tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas”. Por proposição dos deputados Francisco do PT e Ubaldo Fernandes (PTC), parlamentares, membros da Igreja Católica e Poder Público discutirão a campanha, em audiência pública na quinta-feira (21), no auditório da Casa.

Criada em 1962, em Natal, a Campanha da Fraternidade indica, anualmente, um tema para que seja alvo de ações e debates em todo o país. O tema deste ano, de acordo com a Confederação dos Bispos do Brasil, busca estimular a participação social nas Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum. Por isso, o tema “Fraternidade e Políticas Públicas”, com o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça”.

Como forma de despertar a consciência e incentivar a participação de todo cidadão na construção de Políticas Públicas em todas as esferas, o texto-base da campanha prevê métodos “de ver, julgar e agir”, com uma série de iniciativas que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas a CF 2019. Para isso, a Assembleia Legislativa abriu as portas com o objetivo de também dar publicidade à campanha, além de contribuir com sugestões para as ações.

“Neste tempo especial da Quaresma, precisamos estimular a participação do povo nas políticas públicas, à luz da Palavra de Deus, fortalecendo a cidadania e o bem comum a todos”, disse Ubaldo Fernandes.

Como exemplo dessas ações, a Campanha da Fraternidade visa, além de contextualizar o que é o poder público, os tipos de poder e os condicionantes nas políticas públicas, expor o papel dos atores sociais nas Políticas Públicas.

“Política Pública não é somente a ação do governo, mas também a relação entre as instituições e os diversos atores, sejam individuais ou coletivos, envolvidos na solução de determinados problemas”, destacou o deputado Francisco do PT.

A audiência pública é aberta ao público e terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia.

Assessoria

Caern divulga lista de aprovados em concurso público

O concurso público da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) teve o seu resultado final divulgado nesta terça-feira (19) para vagas de nível técnico e superior. O resultado está disponível no site do Instituto Brasileiro de Apoio ao Desenvolvimento Executivo (Ibade), que realizou a prova. Clique aqui para conferir.

As provas do concurso foram realizadas no dia 18 de novembro do ano passado e continha vagas para cargos de contador, analista de sistema, economista, administrador e técnico em segurança do trabalho.

A Caern informou que a convocação dos aprovados dentro das vagas disponibilizadas e cadastro de reserva vai acontecer de acordo com a disponibilidade e necessidade da Companhia. O prazo está determinado no edital e pode ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte: https://g1.globo.com

Bandidos assaltam posto de combustíveis na Grande Natal e trocam tiros com a PM e PRF; dois são presos

Bandidos saíram da pista para fugirem — Foto: Divulgação/PRF

Bandidos assaltaram um posto de combustíveis na Reta Tabajara, na BR-304, no final da tarde desta terça-feira (19), mas foram interceptados pela Polícia Rodoviária Federal e pela Polícia Militar após o crime. Houve tiroteio e dois foram presos. Outros conseguiram fugir pelo matagal às margens da rodovia.

Segundo informações da PRF, os bandidos chegaram ao posto em um Ford Fiesta, assaltaram o local e também levaram um Jeep Renegade de um dos clientes. A PRF foi informada do assalto e conseguiu chegar até os criminosos em uma ação conjunta com a Polícia Militar.

Após a interceptação, houve troca de tiros e os bandidos jogaram os carros para a margem da rodovia. Após buscas pela região, dois assaltantes foram localizados e presos. Os carros foram recuperados e ninguém ficou ferido.

Fonte: https://g1.globo.com

Projeto de Emenda Constitucional é considerado admissível na CCJ

O deputado Allyson Bezerra (SDD) deu parecer favorável pela admissibilidade do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 01/2019, do Governo do Estado, que havia pedido vista, na reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), realizada na manhã desta terça-feira (19).
A matéria altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, com o objetivo de estabelecer parâmetros para o crescimento sustentável das despesas de todos os Poderes e órgãos autônomos vinculados ao Orçamento Fiscal.
“O Projeto é Constitucional, mas vamos fazer uma discussão aprofundada na Comissão Especial a ser designada e no plenário da Assembleia Legislativa, sempre olhando para o que é melhor para o Rio Grande do Norte. Na nossa opinião trata-se de um teto de gastos que era rejeitado pelo PT”, disse o deputado Allyson que tinha pedido vista na reunião anterior.
O deputado George Soares (PR), que é líder da bancada do Governo e integrante da Comissão de Constituição e Justiça tem posição contrária. “Respeitamos a posição do colega deputado, mas é uma matéria contábil que trata do custeio. Vamos discutir a matéria na Comissão Especial para votação final dentro do prazo”, ressaltou George Soares.
A PEC seguiu para a presidência da Assembleia Legislativa que designará o número de participantes e nomear os integrantes da Comissão Especial para exame do mérito, que terá prazo estipulado, a partir, da publicação da nomeação, para oferecer parecer.
Além, da PEC a comissão analisou, votou e aprovou 17 matérias, zerando a pauta da CCJ. Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Kleber Rodrigues (Avante), Allyson Bezerra, Coronel Azevedo (PSL), Isolda Dantas (PT), e George Soares.

 

Assessoria

Enem 2018: espelhos da redação estão disponíveis para candidatos; veja correção

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem consultar, a partir desta terça-feira (19), os espelhos da redação – ou seja, a versão digitalizada dos textos corrigidos. É necessário acessar a Página do Participante, neste endereço. Também foram liberadas as notas dos treineiros que fizeram a prova.

O objetivo da disponibilização desse conteúdo aos estudantes é pedagógico: cada participante pode ter acesso às justificativas da nota atribuída pelos corretores em cada uma das cinco competências avaliadas no Enem.

Na edição de 2018, de mais de 4 milhões de candidatos, 55 tiraram a nota máxima (13 homens e 42 mulheres).

As 55 notas mil na redação do Enem 2018 — Foto: Roberta Jaworski/G1
As 55 notas mil na redação do Enem 2018 — Foto: Roberta Jaworski/G1 

Tema da redação

Em 2018, o tema da redação foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet“. A prova teve quatro textos motivadores: três trechos de reportagens e um gráfico com dados.

Enem 2018 - Prova Amarela - Redação — Foto: Reprodução
Enem 2018 – Prova Amarela – Redação — Foto: Reprodução 

Duas das três reportagens citaram diretamente os algoritmos e foram publicados em 2016. Um deles, “O gosto na era do algoritmo”, foi publicado em 2016 pelo jornal “El País” e escrito pelo jornalista Daniel Verdú. O outro, chamado “A silenciosa ditadura do algoritmo”, é de autoria do jornalista brasileiro Pepe Escobar.

A terceira reportagem, também de 2016, foi publicada pela BBC Future. De autoria de Tom Chatfield, o texto chama “Como a internet influencia secretamente nossas escolhas”. O gráfico que aparece na prova de redação é um organograma de dados produzido pelo IBGE com o perfil dos usuários de internet no Brasil em 2016, com detalhes sobre o uso da internet entre homens e mulheres.

Fonte: https://g1.globo.com

Eudiane solicita explicações à Secretaria de Saúde sobre situação do Hospital Maria Alice Fernandes

Referência em pediatria, mas com funcionamento comprometido por falta de pessoal e precariedade na estrutura física, a situação do Hospital Maria Alice Fernandes é uma das preocupações da deputada Eudiane Macedo (PTC).

A deputada encaminhou requerimento ao Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), solicitando explicações quanto a situação atual do hospital no que se refere à estrutura física e quadro de pessoal.

“A falta de médicos intensivistas pediátricos, enfermeiros e técnicos em enfermagem vem comprometendo o funcionamento da unidade. O Maria Alice é uma unidade de médio porte, referência em pediatria, mas todo esse problema está comprometendo o seu funcionamento”, Argumentou Eudiane.

De acordo com a deputada, a unidade teve a situação ainda mais agravada após o fechamento de 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva, segundo foi apurado pelo seu mandato. Além da falta de pessoal, a estrutura física também compromete o atendimento e foi objeto do pedido de explicações à Sesap.

 

Assessoria

Adolescente de 14 anos é morta, amarrada com arame, enrolada em lençol e jogada às margens de rodovia no RN

Maria Heloize Vale da Silva completaria 15 anos na próxima terça-feira, dia 26 — Foto: Arquivo Pessoal

Uma adolescente de 14 anos foi encontrada morta na noite desta segunda-feira (18) às margens da BR-406, no município de João Câmara, na região do Mato Grande. Segundo a Polícia Militar, há relatos de que o corpo foi jogado às margens da rodovia. Ele estava amarrado com arame e enrolado em um lençol. Também foi constatado uma perfuração por arma de fogo na cabeça.

Maria Heloize Vale da Silva completaria 15 anos na próxima terça-feira, dia 26. Segundo a mãe da garota, que trabalha como terceirizada na Delegacia de Polícia Civil da cidade, a filha morava na casa do namorado, que não foi encontrado.

Ao G1, o delegado regional Nivaldo Floripes disse que o namorado de Maria Heloize é suspeito do crime em razão de um histórico de violência. Porém, existe uma outra linha de investigação, pois há informações de que a garota foi vítima de uma facção criminosa que queria, na verdade, matar o companheiro dela. Como ele não estava em casa, ela acabou sendo assassinada.

Familiares da adolescente que foram ao local onde o corpo foi jogado ainda disseram à PM que ela estava sendo ameaçada de morte.

“Estas são apenas as primeiras informações que recebemos. E tudo ainda precisa ser bem apurado. Demos início às investigações, mas o caso vai ficar sob a responsabilidade do delegado municipal de João Câmara”, ressaltou Floripes.

Ainda de acordo com o delegado, o crime, muito provavelmente, aconteceu na casa onde o casal morava, que fica no bairro São Francisco. Já o local onde o corpo foi jogado, fica na comunidade Quatro Bocas, perto da casa da mãe da menina.

Fonte: https://g1.globo.com

Tarifa de ônibus de Natal pode chegar a R$ 4, diz Seturn

Reajuste tarifário do transporte coletivo de Natal foi debatido em audiência pública na Câmara Municipal — Foto: Klenyo Galvão/Inter TV Cabugi

O Sindicato dos Empresários do Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) afirma que a passagem de ônibus pode chegar a R$ 4 se a prefeitura não conceder isenção fiscal do ISS e ICMS. O consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, declarou a necessidade de aumento em audiência pública realizada nesta terça-feira (19) na Câmara Municipal. A tarifa atual é de R$ 3,65.

O valor da passagem superaria o valor que foi solicitado para este ano pelos próprios empresários, que era de R$ 3,90. O motivo seria a alta dos combustíveis. Com a proposta de isenção fiscal, entretanto, o Seturn diz que é possível reduzir a tarifa em até mais R$ 1.

O interesse na redução do custo da passagem de ônibus por parte dos donos das empresas que operam o serviço, de acordo com Nilson Queiroga, também se dá pelo fato de que o número de usuários tem caído.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL), propositor da audiência pública, defende que o reajuste proposto pelo Sindicato dos Empresários é injusto diante do serviço que é ofertado às população. “Nós provocamos essa audiência porque querem conceder um aumento, em menos de um ano, acima da inflação, num transporte que não melhorou em nada a sua qualidade”, argumenta.

Apesar do início das discussões, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) diz que não há confirmação do aumento. Nilton Filho, engenheiro que representou a pasta na audiência pública, alega que toda a situação ainda será “estudada”.

Sobre a isenção fiscal, o engenheiro afirma que, do jeito que vem sendo proposta, não é viável. “Isenção de imposto não torna subsídio viável. Existe discurso fraco sobre subsídio, mas precisa de um embasamento técnico”, defende.

Fonte: https://g1.globo.com